contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Piauí eleva padrões de atendimento na saúde

Com modalidades teóricas EAD e práticas presenciais, o Programa de Educação Continuada da Sesapi visa à constante atualização de profissionais

| domingo, 3 março , 2024

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) avança na qualidade da assistência à saúde ao capacitar 4.114 servidores, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, por meio do Programa de Educação Continuada. Iniciado em dezembro de 2023, o programa já treinou 1.673 profissionais presencialmente e 2.441 por meio de cursos on-line, abordando temas como clínica médica, urgência, emergência, terapia intensiva, procedimentos, fisioterapia hospitalar e fisioterapia intensiva.

Com modalidades teóricas EAD e práticas presenciais, o programa visa assegurar a constante atualização e aprimoramento dos profissionais de saúde, promovendo a entrega de serviços de qualidade à população. Dirceu Campêlo, superintendente da rede de média e alta complexidade da Sesapi, destaca a oferta de conteúdos em áreas multiprofissionais e médicas, desde a atenção primária à saúde até a assistência em hospitais de alta complexidade.

“Estamos disponibilizando aos nossos servidores o acesso a conteúdos excepcionais nas mais diversas áreas de saúde multiprofissional e médica, abrangendo treinamentos que vão desde a atenção primária à saúde até a assistência em hospitais de alta complexidade. Acreditamos que investir na formação contínua resultará em uma saúde mais qualificada e segura”, destaca.

Alinhado às diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, o programa pioneiro da Sesapi eleva o padrão na assistência à saúde, fornecendo aos profissionais ferramentas e conhecimentos essenciais para enfrentar desafios contemporâneos por meio de treinamentos teóricos e práticos.

Os cursos práticos presenciais capacitaram 1.120 profissionais na primeira etapa e 553 na segunda, abrangendo áreas como suporte avançado de vida cardiovascular em adultos e pediatria, além de via aérea avançada. Os cursos teóricos EAD capacitaram 2.441 profissionais, com ênfase em atualizações em clínica médica, infectologia hospitalar, urgência, emergência, cuidados intensivos, procedimentos de enfermagem, fisioterapia em ambiente hospitalar e fisioterapia intensiva.

O impacto desses cursos para a população do Piauí promove uma constante atualização e aprimoramento, refletindo diretamente na qualidade dos atendimentos prestados.