contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

COE não descarta novas recomendações contra a Covid-19

Dados do último boletim do InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz mostram que a alta de casos da covid no país já reflete no aumento de hospitalizações

Redação | quarta-feira, 16 novembro , 2022

O Comitê de Operações Emergenciais do Piauí (COE-PI) acompanha com preocupação o aumento da taxa de positividade da covid-19 no estado e não descarta novas recomendações sanitárias para conter a transmissão da doença, inclusive a obrigatoriedade do uso de máscara.

Pesquisador do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e membro do COE-PI, o professor Emídio Matos afirmou ao Cidadeverde.com que a positividade do vírus chegou aos 6,5% na última semana epidemiológica.

“Está acima dos 5%, que a Organização Mundial de Saúde considera como pandemia sob controle. Piorou, mas a gente está testando muito pouco. Não podemos considerar que a pandemia está sob controle no nosso estado”, enfatizou o especialista.

Este cenário foi discutido na última reunião do COE-PI. O órgão mantém a recomendação do uso obrigatório de máscara no transporte público, unidades de saúde e para pessoas com alguma comorbidade, mas não descarta expandir a norma para outras situações.

“Se os critérios pioraram, taxa de positividade, número de casos e internação aumentarem, vamos usar os mesmos critérios e voltar a recomendar o uso de máscara. Acompanhamos os mesmos critérios, usados desde o começo da pandemia”, ressaltou Emídio Matos.

Na segunda-feira (14) a Secretaria de Vigilância do Ministério da Saúde publicou nota técnica recomendando o uso de máscara pela população e a adoção de outras medidas, como ampliação da vigilância por estados e municípios dado o aumento de casos.

Só em Teresina, por exemplo, o número de casos positivos da covid-19 registrou aumento de 288% entre os dias 06 e 12 de novembro. Mesmo com nível de transmissão baixo, o COE municipal monitora atentamente a situação na capital piauiense.

Orientações

Dados do último boletim do InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostram que a alta de casos da covid no país já reflete no aumento de hospitalizações por síndromes respiratórias agudas graves (Srag) em quatro estados do país.

Além de enfatizar a necessidade de ampliação da testagem, o professor Emídio Matos lembrou a importância da população completar o seu esquema vacinal com a quarta dose. A orientação é que os pais ou responsáveis também imunizem seus filhos.

O Piauí recebeu mais de 16 mil doses da vacina infantil Pfizer no dia 10 de novembro. Inicialmente o público alvo está sendo as crianças que são portadoras de alguma comorbidade. Posteriormente as demais crianças serão beneficiadas.

Em Teresina, a vacinação de crianças de seis meses a dois anos de idade será iniciada nesta quarta-feira (16) para o público com comorbidade.

Por Breno Moreno/ Cidade Verde