contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Wellington Dias costura acordo sobre ajustes no orçamento

O senador eleito Wellington Dias explicou que os ajustes na peça orçamentária agora irão depender de um entendimento com o Congresso Nacional

Redação | sexta-feira, 4 novembro , 2022

Nesta quinta-feira (03) o senador eleito Wellington Dias e o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, que estão coordenando as adequações da proposta orçamentária 2023, reuniram-se com o relator do Orçamento da União, senador Marcelo Castro, e a equipe de transição para dar início ao processo de reconstrução do Brasil. A proposta deve ser adequada às propostas do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

Dentre os principais pontos, estão as medidas que devem ser tomadas para a garantia do pagamento do Auxílio Brasil de R$600 a partir de janeiro, já que o governo Bolsonaro não colocou os recursos no orçamento. Como solução, foi sugerida apresentação de uma PEC, Proposta de Emenda Constitucional, como foi feito no caso dos precatórios, para garantir a continuidade do auxílio no valor de R$600.  Também são prioridades a retomada de investimentos no programa Farmácia Popular, a manutenção da desoneração dos combustíveis, a correção da tabela do Imposto de Renda e a diminuição da fila do SUS.

Wellington Dias explicou que os ajustes na peça orçamentária agora irão depender de um entendimento com o Congresso Nacional. “Encontramos muita boa vontade do relator e presidentes da Câmara e do Senado para um diálogo voltado para as várias emergências do Brasil. Ao mesmo tempo, uma proposta de emenda à Constituição cria uma excepcionalidade para criarmos condições legais de conseguir os recursos necessários. Vamos seguir nesse caminho para começar a reconstruir o nosso Brasil”, disse o senador eleito.