contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Região de Picos registra aumenta de 140% nos estupros

A delegada da mulher de Picos, Francineide Fontes, explicou que o aumento no registro das ocorrências se deve à conscientização das vítimas

Redação | sábado, 21 janeiro , 2023

Na manhã desta sexta-feira (20) a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Picos, divulgou balanço das ocorrências atendidas em 2022. As estatísticas apontam aumento considerável nos casos de Lesão Corporal, Estupro e Estupro de Vulnerável.

A delegada titutar da Deam de Picos, Francineide Fontes, explicou que o aumento no registro das ocorrências se deve à conscientização das vítimas que tem passado a denunciar os agressores.

 “Nós fizemos levantamento dos crimes considerados mais graves que é lesão corporal, estupro classificado da vítima maior de 14 anos e estupro de vulnerável com menores de 14 anos. Nós acreditamos que as vítimas estão procurando com maior frequência denunciar os agressores”, disse a delegada.

Números

Em 2022, 12 pessoas foram vítimas de crime de Estupro. Comparando ao ano anterior, esse número foi de 05, um aumento de 140%.

No tocante ao crime de Estupro de Vulnerável também foi registrado aumento de casos, totalizando 43 vítimas. O aumento foi de 86,96% se comparado à 2021. Já as ocorrências relacionadas à Lesão Corporal, o quantitativo foi de 104 configurando um crescimento de 48,57%.

A delegada Francineide Fontes também chama atenção para o aumento nos pedidos de Medida Protetiva de Urgência.

“Na Deam a demanda maior é de ameaça, as vítimas são ameaçadas constantemente. Em razão disso, elas vêm procurar a Delegacia Civil e em razão dessas ameaças a gente consegue fazer o pedido de medida protetiva seja enviada para a Justiça e, consequentemente,  seja deferida. Os pedidos têm por objetivo que o agressor se afaste da vítima. Em 2022 foram registrados 258 pedidos medidas protetivas de urgência”, frisou.

Clique AQUI e confira o balanço!

As estatísticas registradas são referentes aos municípios de Picos, São Luís do Piauí, São João da Canabrava e Santo Antônio de Lisboa.

Como denunciar

As vítimas desses tipos de crime podem se dirigir até a Central de Flagrantes de Picos para registrar a ocorrência, bem como através do site da Polícia Civil do Piauí e do Canal Disque 180.

Por Paula Monize/ Cidade Verde