contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Wellington Dantas deixa liderança do governo

O vereador informou que conversou com o prefeito Padre Walmir na última terça-feira, 12, e comunicou a decisão de deixar a liderança

| sábado, 16 abril , 2016

Em meio ao acirramento das discussões entre oposição e situação, o vereador Wellington Dantas (PT), deixou na última terça-feira, 12, a liderança do governo do Padre José Walmir de Lima (PT) na Câmara Municipal de Picos.wdasasas

Na sessão ordinária de quinta-feira à tarde, 14, o vereador Wellington Dantas (PT) já não era mais o líder do Governo. A decisão de deixar o posto pegou os colegas do parlamentar surpresos, principalmente pelo fato de ele pertencer ao mesmo partido do prefeito e ter bom trânsito no Palácio Coelho Rodrigues.

Wellington Dantas informou que conversou pessoalmente com o prefeito Padre Walmir na última terça-feira, 12, e comunicou a decisão de deixar a liderança do governo. “O prefeito entendeu minha posição e perguntou se eu queria indicar o substituto. Respondi que não! Que ele ficasse à vontade para escolher um colega que possa desempenhar a função e nós temos bons nomes na bancada” – ressaltou Wellington Dantas.

Segundo o vereador Wellington Dantas, com o retorno de dois bons oradores para a bancada governista, resolveu deixar o cargo para que um deles assuma. Trata-se do ex-secretário municipal de Obras e Urbanismo, Iata Rodrigues (PSB) e do ex-secretário de Administração, Filomeno Portela (PSD).

A saída de Wellington Dantas da liderança do governo na Câmara Municipal vem sendo tratada com sigilo absoluto pelo Palácio Coelho Rodrigues. Até mesmo o chefe de gabinete do prefeito, Civaldo Barbosa, disse que não tinha conhecimento do fato. O prefeito também ainda não se manifestou publicamente sobre o assunto.

Liderança

A convite do prefeito Padre Walmir (PT), Wellington Dantas assumiu a liderança do governo na Câmara Municipal de Picos em 18 de junho do ano passado, quatro dias após o novo gestor tomar posse. Ele ficou no posto por quase dez meses e garante que sai por uma questão de estratégia, mas que continua aliado da administração.

Reportagem Jonas Maria Barros/ Jornal de Picos