contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Suspeito de homicídio é encontrado morto

Edinelson Manoel dos Santos é suspeito de ter matado o mestre de obras, Luís Antônio de Oliveira, na Estrivaria

| terça-feira, 24 novembro , 2015

A polícia civil tem novidades em relação ao homicídio do mestre de obras, Luís Antônio de Oliveira, de 51 anos, crime ocorrido na localidade Estrivaria, zona rural de Picos, na noite do último sábado (21/11). Um homem identificado como Edinelson Manoel dos Santos, que seria suspeito da morte de Luís Antônio, foi encontrado morto nesta segunda-feira (23), em sua residência na localidade Queimada da Ema.1dcc0cab6abc76f960bd3cb08e79

Segundo o delegado do 3º Distrito Policial, Madson Oliveira, Edinelson Manoel passou a ser suspeito do assassinato depois da esposa do mestre de obras, Maria Rodrigues Lima, procurar a delegacia para relatar que o mesmo supostamente iria empreender fuga.

“Prontamente a polícia se preparou para ir até o local, pedimos também o auxílio da polícia militar para evitar que essa pessoa empreendesse fuga, não tínhamos o mandado de prisão, mas nós queríamos conversar para saber se realmente procedia essa informação de que ele pretendia sair da Região de Picos”, relatou Madson Oliveira.

“O certo é que a polícia militar de Santana do Piauí chegou primeiro ao local. Os dois policiais que lá estiveram chegaram a conversar com o senhor Edinelson e estranhamente ele adentrou a residência, após os policiais terem saído por alguns instantes, e veio a cometer, infelizmente, suicídio [por enforcamento] no quintal de sua residência”, completou o delegado do 3º DP.casa1 (1)444

O delegado destacou que um fato curioso chamou a atenção nesse caso. Pouco antes de se enforcar Edinelson teve o cuidado de deixar em cima da mesa a carteira de identidade e uma carteirinha de um plano funerário. Para Madson, isso indica que ele já estava se preparando para cometer o suicídio. O delegado contou ainda que na casa do suspeito foi encontrada uma bota com resquícios supostamente de sangue. O material será encaminhado para a polícia técnica em Teresina.

“Isso vai servir como um elemento de prova para comprovar se realmente ele foi o autor do crime ou também descartar essa possibilidade. Essa pessoa está como o principal suspeito considerando que o seu Edinelson tinha sido um dos últimos indivíduos que havia mantido contato com o seu Luís Antônio. Inclusive nesse dia a vítima estava realizando alguns pagamentos e isso poderia ter despertado a ação criminosa do seu Edinelson fazendo com que ele viesse a cometer esse crime. Mas isso tudo ainda são suposições que a polícia deve comprovar através de um trabalho minucioso de investigação”, pontuou o delegado.

Fonte: DiaadiaPicos