contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Sindserm prepara eleição para renovação da diretoria

A votação ocorrerá no dia 15 de janeiro de 2015, das 8 às 17 horas, na sede da entidade, situada à rua Padre Madeira, 125, centro.

| sábado, 20 dezembro , 2014

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm), baixou no último dia 15 edital convocando eleição geral da diretoria e do conselho fiscal para o triênio 2015-2018. A votação ocorrerá no dia 15 de janeiro de 2015, das 8 às 17 horas, na sede da entidade, situada à rua Padre Madeira, 125, centro.

Atual presidente, Edna Moura, concorrerá à reeleição

Atual presidente, Edna Moura, concorrerá à reeleição

Segundo o Estatuto do Sindicato, o registro de chapas deverá ser feito no prazo de quinze dias após a publicação do aviso resumido do edital. Uma comissão eleitoral composta por Antoniela de Oliveira Moura (presidente), Alcebíades de Araújo Silva e Maria Idarlips de Sousa, é quem vai conduzir o processo.

Para ser registrada a chapa deverá conter a diretoria executiva com 15 cargos. Presidente, vice-presidente, secretário-geral, diretores financeiro, de patrimônio, jurídico, de comunicação, parlamentar e diretor intersindical e de estratégia.

Precisa conter ainda o diretor social, de recreação, desporto e lazer e diretor de relações de trabalho e de seguridade social, todos com seus respectivos suplentes. Além dos membros do conselho fiscal.

Caso não seja inscrita mais de uma chapa até o dia 13 de janeiro de 2015, será convocada uma assembleia geral extraordinária para o dia 20 do mesmo mês, às 17h, com o objetivo de homologar a única chapa inscrita.

De acordo com o estatuto do Sindserm, para estarem aptos a votar e serem votados, os servidores devem preencher alguns requisitos. Ser filiado ao sindicato até três meses antes da eleição está quites com as mensalidades, taxas e contribuição da entidade, está no pleno gozo dos seus direitos sociais, ter cumprido o tempo de três anos de efetivo exercício no cargo para o qual fora nomeado.

Caso tenha sido condenado em processo judicial, o associado não poderá participar das eleições no Sindserm. Para concorrer, ele precisa ser filiado há pelo menos doze meses ao sindicato.

Fonte: JP