contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Sete Cidades: conheça os encantos do primeiro Parque Nacional

Localizado nos municípios de Brasileira e Piracuruca, no Norte do Estado, o local é um dos atrativos turísticos piauienses mais espetaculares

| sábado, 9 dezembro , 2023

O Piauí abriga diversas belezas esculpidas pela natureza, e um deles é o Parque Nacional de Sete Cidades. Localizado nos municípios de Brasileira e Piracuruca, no Norte do Estado, o local é um dos atrativos turísticos piauienses mais espetaculares, possuindo formações rochosas únicas e repletas de simbolismo e história, pinturas rupestres, trilhas, piscinas naturais e uma cachoeira.

_WD_9519.jpeg

Com 6.222 hectares e um perímetro de 36 quilômetros, a Unidade de Conservação foi criada em 1961, pelo Decreto Federal Nº 50.744, e é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“O Parque Nacional de Sete Cidades apresenta uma importância sem igual para o estado do Piauí, pois foi o primeiro parque nacional criado no território do estado, tendo como principal objetivo a proteção da biodiversidade e o impulsionamento do turismo”, destacou Waldemar Justo, chefe do parque.

Sobre a escolha do nome do parque, a explicação se dá devido ao conjunto de formações rochosas presente no local, totalizando “sete cidades imaginárias” que foram esculpidas pela água e pelo vento ao longo de 190 milhões de anos. O turista, ao visitar o atrativo, pode perceber que as formações de pedra sugerem diversos elementos, como animais, objetos, pessoas e outros.

Entre as formações mais famosas do parque, estão a Pedra da Tartaruga, Portal dos Desejos, mapa do Brasil e do Piauí, que apresentam aparências únicas, surpreendendo a todos. As pedras do Canhão, do Cachorro, do Elefante e de D. Pedro I são outros destaques do atrativo turístico.

O Parque possui uma rica biodiversidade, abrigando aves da caatinga, do cerrado e até da amazônia. O local foi cenário para o primeiro Festival de Avistamento de Aves no Piauí em 2022, patrocinado pelo Governo do Estado. Foram registradas mais de 250 espécies de aves na região.

Circuitos e Vale das Pedras

Distribuídos entre as Sete Cidades, o visitante tem acesso a um mirante, grutas, como a do Catirina e a do Pajé, e sítios arqueológicos que abrigam pinturas rupestres datadas em 6 mil anos. Outros tesouros presentes no parque são as piscinas naturais e a cachoeira do Riachão, que tem uma queda de quase 20 metros.

_WD_9179.jpeg

Todos estes espaços integram uma série de circuitos do parque e podem ser realizados pelos turistas. São eles:

Circuito das 7 Cidades: Das 7h às 17, durante todos os dias do ano.
-Circuito Pôr do Sol: A partir das 17h, encerrando às 18h30, durante todos os dias entre os meses de julho e dezembro.
-Circuito Lua Cheia: Iniciando às 17h e encerrando às 20h, nos dias de lua cheia, entre os meses de julho e dezembro.
-Circuito Solstício: Realizado uma vez no ano, especificamente 21 de junho, com início às 4h e encerrando às 8h.
-Circuito Cachoeira do Riachão: aberto à visitação no período chuvoso, geralmente entre o mês de fevereiro e julho.
-Circuito Piscina dos Milagres: Das 7h às 17, durante todos os dias do ano, durante todos os dias do ano.
-Circuito Serra Negra: Início do passeio às 10h, encerrando às 16h, durante todos os dias do ano.
-Vale das Pedras: Das 7h às 17, durante todos os dias do ano.

Para visitar o Parque Nacional de Sete Cidades, não há cobrança de ingresso. No entanto, é necessário contratar um guia de turismo credenciado pelo ICMBio. Por meio do Instagram do parque @parnasetecidadesoficial, o turista tem acesso a uma lista de guias que vão ajudar com informações sobre agendamento prévio e demais serviços.