contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Servidores da Saúde realizam paralisação de advertência

A decisão de paralisar as atividades foi tomada durante assembleia geral realizada ontem, 21 de agosto, no plenário da Câmara de Picos.

| sábado, 23 agosto , 2014

Em protesto contra a demora no pagamento dos salários, os servidores da secretaria municipal de Saúde, em Picos, decidiram paralisar as atividades na próxima terça-feira, 26 de agosto. Na oportunidade, promoverão manifestação pelas ruas centrais da cidade para sensibilizar os gestores, que têm conhecimento do problema, mas ainda não encontraram uma solução para o problema.

Foto: José Maria Barros

Foto: José Maria Barros

A decisão de paralisar as atividades foi tomada durante assembleia geral realizada ontem, 21 de agosto, no plenário da Câmara Municipal de Picos. Por unanimidade, os servidores deliberaram em favor do protesto e não descartam a possibilidade de uma greve por tempo indeterminado caso o problema persista por mais tempo.

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm), Edna Moura, os manifestantes se concentrarão a partir das 8 horas da manhã em frente à sede da secretaria municipal de Saúde. Em seguida, sairão em caminhada pelas ruas centrais da cidade até a sede do sindicato, que fica ao lado da Prefeitura.

Foto: José Maria Barros

Foto: José Maria Barros

Ainda na terça-feira, a partir das 14 horas, os servidores vão se concentrar em frente a sede do sindicato. Às 15 horas, eles se deslocarão até a Câmara Municipal de Picos para acompanhar a sessão ordinária e cobrar dos vereadores uma posição clara em relação ao problema que vem afetando a categoria.

Fonte: Sindserm Picos

 

 

 

 

 

 

 

 

 
A situação dos servidores da Saúde em Picos é dramática. Hoje já são 22 de agosto e eles ainda não receberam o salário referente ao mês de junho. Apesar dos vários apelos cobrando uma solução para o problema, tanto o prefeito Kléber Eulálio como a secretária de Saúde Ana Eulálio, continuam insensíveis e até o momento não apresentaram qualquer solução para o impasse.