contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Servidores contratados no Piauí aumentam 163%

De janeiro de 2013 a maio de 2014, além do aumento de efetivos ocupando cargos comissionados, houve um aumento de 163% nos servidores temporários

| segunda-feira, 28 julho , 2014

mp232323O Ministério Público Estadual do Piauí encaminhou, nesta terça-feira (15), recomendação ao governador Zé Filho e ao secretário estadual de Administração, João Henrique Sousa, solicitando a imediata redução do número de cargos comissionados, funções de confiança e servidores temporários.

De acordo com o promotor Fernando Santos, autor da recomendação, a solicitação é necessária porque, além de o Estado ter ultrapassado o limite de 46,55% do orçamento com gasto com pessoal, o número de servidores comissionados e efetivos que exercem funções de confiança ultrapassa o número de servidores efetivos ou está em quantidade desproporcional em vários órgãos do Estado. O Ministério Público também usou os dados do Portal da Transparência para elaborar a recomendação.

“Segundo dados do Portal da Transparência, de janeiro de 2013 a maio de 2014, além do aumento no número de servidores efetivos ocupando cargos comissionados, houve um aumento de 163% no número de servidores contratados temporariamente. Dessa forma, solicitamos a redução imediata do quadro de servidores comissionados e temporários do Estado”, observa Fernando Santos.

Além da redução imediata do número de servidores comissionados e temporários, o MP-PI solicitou, também, a adoção de medidas necessárias para a realização de concursos públicos aos órgãos onde o número de cargos comissionados e funções de confiança supera o de cargos efetivos.

A Promotoria de Justiça deu prazo de 15 dias ao Governo do Estado para que sejam tomadas as medidas cabíveis quanto à redução de gastos com pessoal.