contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Secretário de saúde retoma visita as unidades básicas

As visitas “in loco” têm como objetivo realizar levantamento técnico, logístico e estrutural das demandas diárias das unidades de saúde

| sexta-feira, 22 janeiro , 2016

O ano mal começou e o secretário municipal de saúde, José Venâncio – Dudé, acompanhado da equipe técnica da secretaria, iniciou uma série de visitas as unidades básicas de saúde da zona urbana e rural, visando ter contato direto e acompanhamento dos trabalhos realizado por cada unidade. O primeiro contato foi com a UBS (Unidade Básica de Saúde) do povoado Coroatá, logo em seguida Junco dos Monteiros, Angico Torto, Lagoa dos Felix, Cecicili Neri e Morada do Sol. O roteiro continuou pelas unidades dos povoados Capitão de Campos e Saquinho.DSASASAS

Na manhã dessa quarta – feira, 20/01, o titular da pasta vistoriou as dependências das unidades básicas de saúde dos bairros parque de exposição, cidade de Deus, Val paraíso, Boa Vista e Passagem das Pedras. As visitas “in loco” têm como objetivo realizar levantamento técnico, logístico e estrutural das demandas e necessidades diárias das unidades de saúde, traçar estratégias e definir ações a serem executadas. “Em cima desses apontamentos feitos nas unidades visitadas será elaborado um relatório para a tomada das devidas providências de acordo com as necessidades de cada uma, a nossa intenção é realizar uma reorganização e redistribuição das ações e serviços ofertados no fortalecimento das redes primárias e secundárias”, comentou.

Nos locais, o secretário conversou com os usuários e servidores e passou por diversos setores da unidade, como consultório médico, consultório odontológico, enfermaria, sala de vacina e de espera, recepção, farmácia e almoxarifado. As demandas são variadas, mas segundo os profissionais de saúde e pacientes já houve melhora na estrutura física, na dispensação de medicamentos e a presença dos profissionais nas unidades. De acordo com o secretário, essas visitas ocorrerão em todas as Unidades Básicas de Saúde, tanto nas redes primária, secundária e terciária.