contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Saúde capacita enfermeiros para vacinação contra gripe

A campanha de vacinação em Picos, que acontece noo período de 30 de abril a 20 de maio, deve imunizar 17.126 pessoas

| sexta-feira, 22 abril , 2016

O município de Picos deu inicio aos preparativos para a 18º Campanha Nacional de Vacinação contra a  Influenza (H1N1). A Secretaria Municipal de Saúde promoveu na tarde desta quarta-feira (20), no auditório do Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA, no bairro centro, um encontro de capacitação técnica para os enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Capacitação para enfermeiros das UBSs

Capacitação para enfermeiros das UBSs

Durante o encontro, a equipe da coordenação de imunização apresentou aos profissionais de saúde as normas a serem seguidas durante a campanha e o público alvo e meta de 80% de vacinação em cada grupo prioritário. “O objetivo dessa capacitação foi falar sobre o manejo clínico para casos de H1N1, discutir estratégias de vacinação no município,  uma vez que todos os profissionais da saúde devem estar preparados para atender a demanda durante a campanha”, disse a coordenadora, Valdivânia Pachego.

Fotos: Marcos Valerio

Fotos: Marcos Valerio

No período de 30 de abril a 20 de maio, a campanha será estendida aos idosos, gestantes, puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto), crianças dos seis meses até os quatro anos, onze meses e vinte e nove dias de idade, e grupo de comorbidade (pessoas com diabetes, inumossupressão, obesos, transplantados, portadores de trissomias e pessoas com doenças crônicas: respiratórias, cardíacas, renais, hepática e neurológica).  E no dia 30 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde vai realizar o dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em todas as UBS’s de Picos.

Campanha – A campanha de vacinação contra a influenza em Picos deve imunizar 17.126 pessoas, sendo 1.664 (crianças de 6 meses a 2 anos),  3.192 (crianças de 2 a 4 anos 11 meses e 29 dias), 1.524 (profissionais da saúde), 832 (gestantes), 137 (puérperas), 2.345 (Comorbidade) e 7.432 (idosos).