contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

PSD de Picos é assediado pelo grupo de Gil Paraibano

A deputada Belê admitiu que o grupo do ex-prefeito vai buscar o apoio do empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho

| quinta-feira, 14 julho , 2016

A deputada Belê Medeiros (PP) admitiu na última segunda-feira, 11, que o grupo do ex-prefeito Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano (PP), vai buscar o apoio do empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho (PSD).neasasasSegundo a deputada Belê Medeiros (PP), a intenção é reforçar a pré-candidatura de Gil Paraibano (PP) à Prefeitura de Picos. Para tanto, ela disse que todo apoio será bem vindo, ressaltando que o grupo ao qual pertence não fechará portas para ninguém.

Belê enfatiza que Araujinho é um amigo de longas datas, empresário conceituado que aos poucos vem conquistando o seu espaço na política. Antes, mais na base de apoio ao ex-deputado Kléber Eulálio e agora com um partido em que se configura como detentor.

“Ele [Araujinho] sempre militou na política e se nós não conseguimos ainda o seu apoio, vamos buscá-lo. Nós queremos conversar com o grupo do Araujinho! São três vereadores de peso e naturalmente, vamos trabalhar para que isso aconteça. Nesses dias ficou evidente o desejo tanto da parte dele, como da nossa, de conversarmos” – adiantou Belê.

Para a deputada Belê Medeiros, uma possível composição com o empresário Araujinho não causaria ciúmes entre os partidos que já estão com Gil Paraibano. “Nós sempre trabalhamos com a verdade! Não temos pressa para decidir quem será o nosso vice! Temos que ter é uma candidatura majoritária vitoriosa, pois, ganhando Gil e o vice, todos ganham” – garante.

A parlamentar adianta ainda que entre os aliados de Gil Paraibano não vai ter preferência de nomes ou de partidos para essa composição. Segundo ela, a preferência é que vençam as eleições, por isso a intenção é atrair mais gente, pois quanto mais parcerias, mas o grupo se fortalece. E conclui dizendo que não vão fechar as portas para ninguém nesse processo.

Fonte: José Maria Barros/ Jornal de Picos