contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

PRB ameaça romper com a base governista

Silas Freire diz que se Frank for preterido, isso significará que Wellington está convidando o partido a sair da base

| sexta-feira, 6 julho , 2018

O PRB aguarda o final do prazo de 15 dias pedido pelo governador Wellington Dias (PT), para decidir sobre a indicação do cantor Frank Aguiar na segunda vaga de senador. De acordo com o suplente de deputado Silas Freire, se Frank for preterido, isso significará que Wellington está convidando o partido a sair da base.

Silas explica que a única forma do partido sair da base aliada é se for expulso pelo governador. “O PRB só sai da base se o governador quiser. Compreendo que se ele não escolher o Frank, significará romper com o PRB. Naturalmente o partido vai ter que escolher outra estratégia. Mas só sai se o governaodr quiser”, destacou.

O caminho natural seria uma aliança com o pré-candidato da oposição, senador Elmano Férrer (Podemos), mas questões proporcionais podem atrapalhar essa aliança. “Os partidos que estão com o Elmano não aceitam o meu nome e nem do Pastor Gessivaldo Isaias devido ao peso político. Isso dificultaria a participação proporcional”, disse.

No início da semana, Frank Aguiar voltou a ser convidado para participar da chapa do senador Elmano Ferrer. O deputado Dr. Pessoa (SD), pré-candidato ao Senado, convidou o cantor para fazer uma “dobradinha” política.

A segunda vaga de senador na chapa majoritária é disputa por Frank Aguiar com partidos como PSD, PDT e o próprio PT. “A nossa prioridade é continuar na base aliada. No dia 16 de julho vamos fazer uma reunião do partido. A expectativa é que no dia 15 o governado já apresente uma resposta. Respeitamos o tempo pedido por ele”, comentou.

Por Lídia Brito
Cidadeverde.com