contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Piauí é o 20º colocado no país em número de médicos

Segundo o estudo realizado pela USP, a maioria esmagadora dos médicos está na capital. São 3.714 profissionais em Teresina.

| quarta-feira, 2 dezembro , 2015

O estudo Demografia Médica no Brasil – 2015, divulgado nesta segunda-feira (30/11), mostra que o Piauí ocupa a 20ª colocação no ranking do número de médicos por cada 1.000 habitantes no país. O levantamento foi realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) com apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM) e Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp). O Piauí tem 1,17 médicos por 1.000 moradores.Confira a pesquisa completa aqui

Os dados só são melhores que Amazonas (1,15), Acre (1,13), Amapá (1,01), Pará (0,91) e Maranhão, que ocupa a última posição com 0,79 médicos por 1.000 habitantes.

Na outra ponta da tabela com os melhores desempenhos estão Distrito Federal, com 4,28 médicos por 1.000 habitantes, seguido do estado do Rio de Janeiro, com razão de 3,75. O estado de São Paulo vem em terceiro lugar, com razão de 2,7, seguido do Espírito Santo, com 2,24 médicos por 1.000 habitantes.

No Nordeste, o estado com melhor razão de médicos por 1.000 habitantes é Pernambuco (1,64), seguido de Sergipe (1,54), Paraíba (1,51), Rio Grande do Norte (1,50), Alagoas (1,28), Bahia e Ceará com (1,26), Piauí (1,17) e Maranhão (0,79).

Com 3.737 médicos, o Piauí possui 0,9% dos profissionais no Brasil e 5,1% da região Nordeste.

Segundo o estudo, a maioria esmagadora dos médicos está na capital. São 3.714 profissionais em Teresina.

O estudo parte de levantamentos feitos anteriormente sobre as características e os perfis da população de médicos no país.

Confira o ranking de médicos por 1.000 habitantes

  1. Distrito Federal  4,28
  2. Rio de Janeiro  3,75
  3. São Paulo  2,70
  4. Rio Grande do Sul  2,46
  5. Espírito Santo 2,24
  6. Minas Gerais  2,15
  7. Santa Catarina  2,07
  8. Mato Grosso do Sul 1,85
  9. Paraná  1,96
  10. Goiás 1,83
  11. Pernambuco 1,64
  12. Sergipe  1,54
  13. Tocantins e Paraíba  1,51
  14. Rio Grande do Norte  1,50
  15. Roraima – 1,49
  16. Mato Grosso 1,42
  17. Rondônia – 1,32
  18. Alagoas  1,28
  19. Ceará  e Bahia  1,26
  20. Piauí  1,17
  21. Amazonas – 1,15
  22. Acre – 1,13
  23. Amapá – 1,01
  24. Pará – 0,91
  25. Maranhão 0,79

Fonte: Cidadeverde.com