contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Padre Walmir ganha cidadania Itainopolense

O Padre Walmir assumiu a paróquia de Itainópolis em um dos momentos mais críticos do município., durante as enchentes de 2004

| sábado, 19 dezembro , 2015

O ano era 2004. Naquela época o município estava “órfão” no que diz respeito à presença de um líder a frente da Área Pastoral de Itainópolis, atual Paróquia Sagrado Coração de Jesus. Haja vista a saída inesperada do Padre Gerson. Havia uma crise entre a igreja católica e os fiéis. O momento espiritual não era dos melhores. Eis que a chegada de um diácono recém-ordenado viria a pôr nos eixos os rumos do catolicismo itainopolense.p2ws

Além desse contexto religioso abalado, o então diácono, José Walmir de Lima, hoje prefeito de Picos, Padre José Walmir, se deparou com uma das maiores cheias da história de Itainópolis. 70% do município estava debaixo d’água. Mas ações do religioso, recém-saído do seminário, trouxeram conforto espiritual e material as vítimas da enchente.

Passados 11 anos, desses seis meses inesquecíveis, a Câmara de vereadores de Itainópolis homenageou o Padre Walmir com o Título de Cidadania Itainopolense pelos serviços prestados a sociedade daquele município. A homenagem partiu dos vereadores: Remédios Santos (PSB), Manassés Rodrigues (PTB) e Elvis Aguiar (PSB).  E o que se viu na solenidade realizada na noite desta última sexta-feira (18) foi um clima de imensa gratidão para com o homenageado.

“O Padre Walmir não mediu esforços para ajudar o nosso povo procurando lhe proporcionar conforto espiritual e material. Sem sombra de dúvidas é uma exemplo a ser seguido. Afinal são poucos homens que constroem uma história de grandes vitórias sem conter nenhum arranhão. Porque uma das principais características dele é a idoneidade. Somos gratos por tudo que o senhor fez por nossa cidade, por nossos irmãos itainopolenses”, disse a vereadora Remédios.

Durante seu discurso Padre Walmir Lima lembrou que naquela época houve uma situação inédita que foi um diácono assumir uma Área Pastoral. Geralmente os recém-ordenados assumiam a função de auxiliar os padres. Apesar do desafio, Padre Walmir destacou que a experiência foi muito importante na sua vida sacerdotal.

“Aqui em Itainópolis eu aprendi a ser padre, eu aprendi a ser pastor, eu aprendi a ser sensível, eu aprendi a sofrer com o outro. O que menos eu fiz foi entrar na igreja. O nosso trabalho de pastor, de padre, de servo, não foi na igreja. As pessoas estavam nos abrigos, estavam ilhadas e era lá aonde a gente ia. Foi o tempo que eu mais rezei, foi o tempo que eu mais soube o que era ser padre, ser pastor. E é por isso que eu agradeço a oportunidade de ter vindo a Itainópolis. Mexeu com minha sensibilidade e com meu lado de pastor”, pontuou o Padre Walmir.

O prefeito agradeceu ao povo de Itainópolis pela honraria.

Uma comitiva da cidade de Picos compareceu a Itainópolis para acompanhar a homenagem. Além de familiares do Padre Walmir vários gestores participaram da solenidade; Entre eles: secretário de Saúde, José Venâncio, o Dudé, secretária de Educação, Rosilene Monteiro, secretário de Desenvolvimento Tecnológico, Cláudio Galeno, o secretário de Serviços Públicos, Elisiomar Carvalho, o Mazinho, a secretária de Governo, Maria Santana, o Chefe de Governo, Francivaldo Barbosa, o Sinval e o coordenador de Transportes, Evandro Paturi.

Na mesma solenidade o último pároco que esteve a frente da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, Padre Francisco Antônio Feitosa, também foi agraciado com o Título de Cidadania Itainopolense. Ele foi transferido recentemente para a Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio, em Pio IX. A homenagem aprovada na Câmara de vereadores foi proposta pela vereadora Maria Raimunda, a Deta.

Perfil Padre Walmir:

Padre José Walmir de Lima é natural de Picos e nasceu em 16 de maio de 1973. Caçula de nove irmãos é filho do casal, Lino de Lima e Maria Rita da Conceição. Formado em Teologia e Filosofia, com especialização pela PUC de Minas, atualmente cursa Direito na Faculdade R. Sá.

Ingressou no Seminário Menor em 1993. Cursou Filosofia e Teologia no Instituto Católico de Estudos Superiores do Piauí – ICESPI. Foi ordenado diácono em 2003. Ainda diácono assumiu a Área Pastoral de Itainópolis pelo período de seis meses. Em 21 de maio de 2004 foi ordenado padre a assumiu a função de Reitor do Seminário Menor São José.

Padre Walmir também é o idealizador da tradicional Caminhada da Solidariedade e da Paz. Em 2008 ele assumiu a Paróquia de São José Operário, no bairro São José. Três anos depois, em 2011, ele se afastou das funções sacerdotais para concorrer nas eleições municipais. Foi eleito vice-prefeito de Picos na chapa que tinha a frente, Kleber Eulálio.

No dia 14 de junho deste ano assumiu o Palácio Coelho Rodrigues no lugar de Kleber Eulálio que foi eleito Conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Em apenas seis meses de administração recebeu o prêmio Gestor Nota 10, como um dos 100 melhores prefeitos do Brasil.

REPORTAGEM: João Paulo