contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Operação prende cinco pessoas na região de Pio IX

Foram apreendidas quatro armas de fogo, três armadilhas de caça, cartuchos e material para fabricação de munição

| sábado, 18 outubro , 2014

A Polícia Rodoviária Federal e policiais do Grupamento da Polícia Militar da cidade de Pio IX apreenderam armas de fogo e material de caça e prenderam cinco pessoas na noite dessa quinta-feira (16). Foram encaminhadas até a delegacia do município quatro armas de fogo, três armadilhas de caça acionadas por espoleta, cartuchos e material para fabricação de munição.eeee555

Segundo o inspetor Dielson Mota, Chefe do Núcleo de Operações Especiais da Polícia Federal (Nucom PRF), a equipe que realizava a ronda pela BR-020 durante a noite abordou um veículo com placa de Porto Velho (RO) com três elementos em posse de três espingardas, duas armadilhas de caça do tipo espingarda de vereda, consideradas armas de fogo de fabricação artesanal, 17 cartuchos, e material para recarga das armas. Ao serem questionados pelos agentes, alegaram possuírem mais armamentos em outras residências.

Conduzidos até a casa do proprietário dos artefatos, nas imediações do povoado Cova Donga, juntamente com reforços do GPM de Pio IX, os agentes da PRF apreenderam outra espingarda, de marca e numeração desconhecidos e mais uma armadilha de caça, em posse de outros dois elementos. Após as apreensões, o material e os indivíduos foram encaminhados até a delegacia. As cinco pessoas foram autuadas por porte ilegal de arma de fogo.

“Muito provavelmente são caçadores, sem nenhum registro ou autorização, uma verdadeira ameaça à fauna da região. Outro ponto importante é ressaltar que tem sido cada vez mais comum o registro de ocorrências envolvendo esse tipo de arma no interior do estado, agregado muitas vezes ao consumo de álcool, brigas em bares e casos de vingança. Além disso, o risco de artefatos como estes caírem nas mãos de criminosos mais perigosos é alto e representa mais uma preocupação para a polícia”, completou o inspetor Dielson.

Fonte: Grande Picos