contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

No Piauí, 23% dos prefeitos desistem da reeleição

O Piauí possui 167 prefeitos que estão exercendo o primeiro mandato, com direito de concorrer à reeleição no processo eleitoral

| terça-feira, 9 agosto , 2016

O Piauí possui 167 prefeitos que estão exercendo o primeiro mandato e, portanto, possuem o direito de concorrer à reeleição no processo eleitoral deste ano. No entanto, 37 desistiram de ser candidatos. Os outros 130 homologaram as candidaturas no período de convenções.jose_maia_24_1444

Os números foram divulgados esta semana pela Confederação Nacional dos Municípios. Em todo o país, 68% dos gestores que estão em condições de concorrer à reeleição tiveram seus nomes homologados em convenções.

Entre os motivos apresentados por gestores de todo o país para não disputar o pleito de outubro, 19% informaram falta de interesse, 13,9% apontaram problemas pessoais, 35,4% alegaram dificuldades encontradas na gestão dos municípios, 6,3% cumprem acordo partidário, 3,4% disseram ser contra a reeleição, e 21% apresentaram outros motivos.

Este ano o percentual de gestores que optaram por disputar a reeleição é bem menor que o verificado nas eleições de 2008 e de 2012, quando os números chegaram a 78% e 73%, respectivamente.

No Piauí, 77% optam por disputar a reeleição e 23% abdicaram do direito. Para o presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Arinaldo Leal, os principais motivos que levam prefeitos a não tentar um novo mandato são as dificuldades para gerir os municípios e a inviabilidade de manter uma boa administração.

O presidente da APPM é um dos prefeitos que abdicaram do direito de concorrer à reeleição. Ele já está em seu terceiro mandato (não consecutivo) como prefeito de Vila Nova do Piauí, e poderia ser candidato novamente.

Fonte: Jornal O DIA