contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Açaí cai no gosto do picoense e dezenas de lojas são abertas

Nos últimos dois anos dezenas de estabelecimentos especializados na venda de Açaí foram abertos em Picos e cidades vizinhas

| quinta-feira, 12 janeiro , 2017

“É tudo de bom, é uma delícia. Já faz parte do meu dia a dia. Se eu ficar dois ou três dias sem comer eu já fico doidinha querendo”. O depoimento da estudante, Samara Sousa, retrata o sucesso de um produto alimentício que caiu literalmente no gosto de muitos moradores da cidade Picos: o açaí.

Não chega a ser exagero dizer que o pequeno fruto arredondado, de cor azul-noite, originário da Amazônia, tem aquecido a economia picoense. Basta dar uma volta pelo Centro da cidade para perceber o crescimento na quantidade de estabelecimento self services que comercializam o produto na forma de sorvete. Só entre a Praça Felix Pacheco, a Praça Josino Ferreira e a Rua Monsenhor Hipólito, são oito lojas especializadas, fora a zona Leste, o Picos Plaza Shopping, os pequenos negócios nos bairros e os vendedores itinerantes.

O mais novo empreendimento do tipo na cidade, aberto há menos de dois meses, fica localizado próximo a esquina do Mercado Público. A loja pertence à empresária, Neide Cavalcante, que há mais de uma década trabalha com a venda de produtos importados. Nesse caso chama atenção o fato de que o açaí tem feito tanto sucesso em Picos que tem atraído até investidores de outros segmentos totalmente diferentes.

“Um dos motivos para investir foi o fato de aqui na nossa cidade fazer calor quase que o ano inteiro. E isso faz com que as pessoas procurem se refrescar e o açaí, além de refrescar é bastante nutritivo. Sem falar que é um dos ramos que mais tem crescido na nossa cidade e creio eu que é um negócio viável que dá para todos”, pontuou a empresária.

Que o diga o empresário David Lages. Depois de ver as vendas em sua loja de milkshakes caírem drasticamente ele decidiu migrar para a venda do sorvete produzido a partir do açaí e do cupuaçu. Desde então o seu negócio não para de se expandir.

Deu tão certo que o empresário criou sua própria marca, “Açaí no Grau”, e hoje conta com quatro lojas, fornece o produto para vários outros estabelecimentos e também comercializa a abertura de franquias do seu empreendimento.

“Começamos com uma loja na Monsenhor Hipólito, partimos para a segunda loja na Avenida Senador Helvídio Nunes e resolvemos a partir dessa loja fabricar o nosso produto, pois até então a gente comprava pronto, e começamos a fornecer a terceiros. Aí montamos a terceira loja e passamos a franquiar nosso nome”, relatou o empresário.

E assim como a venda do açaí, a comercialização de franquias segue de “vento em poupa” e já ultrapassa as fronteiras do Estado. “A gente vendeu a primeira loja para Teresina, a segunda a gente vendeu para Oeiras, terceira loja Valença e depois Barras. Tem uma loja para a gente abrir em Araripina agora e duas lojas em Petrolina”, enumerou Lages.

A mais nova conquista do empresário foi abertura de uma loja no Picos Plaza Shopping. “O açaí é um bom negócio e que tem muito a crescer ainda. Sem falar que é saudável”, concluiu David.

Fonte: DiaadiaPicos