contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Maioria dos municípios em crise hídrica está no Nordeste

O Brasil tem 917 municípios em crise hídrica, maioria no Nordeste, informou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho

| quinta-feira, 22 março , 2018

Resultado de imagem para AGUA poluidaO Brasil tem 917 municípios em crise hídrica, informou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, ao participar do 8° Fórum Mundial da Água. Esse número corresponde aos municípios que estão em situação de emergência por seca ou estiagem até o dia 13 de março.

O ministro destacou que a crise hídrica não é mais um problema somente do Nordeste, onde estão a maioria das cidades. Do total de municípios, 211 estão na Bahia, 196 na Paraíba, 153 no Rio Grande do Norte, 123 em Pernambuco, 94 no Ceará, 40 em Minas Gerais, 38 em Alagoas, 18 no Rio de Janeiro, 17 do Rio Grande do Sul, além de registros em outros estados.

No fórum, o ministro destacou que é preciso fazer investimentos para ampliar e modernizar o sistema de abastecimento do país.

Segundo ele, o país tem cerca de 11% da água doce do planeta, mas a distribuição territorial não é uniforme. “Temos de intensificar a cooperação entre os órgãos governamentais. É importante que os estados estejam integrados, otimizar as estratégias de uso racional”, disse.

Ela acrescentou que também é “determinante” revitalizar o Rio São Francisco, buscar integração entre baciais das regiões do Brasil e investir em saneamento básico.

“No momento em que constatamos que a escassez hídrica e a insegurança hídrica não mais se reportam apenas ao Nordeste, é fundamental que as intervenções passem por um diálogo federado”, acrescentou o ministro.

Água

A água é um bem precioso que deve ser consumido de forma racional. Estudiosos apontam que, futuramente, a água poderá se tornar rara caso continue ocorrendo desperdício. Em algumas regiões do mundo, principalmente nas mais pobres, já ocorre a falta de água.

Dicas de racionamento e tratamento de água no dia-a-dia:

– Não use água para lavar carros e calçadas;

– Ao escovar os dentes, feche a torneira;

– Tome banhos mais curtos, ensaboando o corpo antes de ligar o chuveiro;

– Acabe com os vazamentos em canos residenciais;

– Para quem tem piscina, evite trocar a água constantemente. Use procedimentos de tratamento de água;

– Ao tomar conhecimento de vazamento de água nas ruas, comunique imediatamente a empresa de água responsável ou a prefeitura;

– Junte uma boa quantidade de roupas antes de coloca-las na máquina de lavar;

– Ajude a combater a poluição das águas. Não jogue lixo nos rios e córregos. Não jogue óleo de cozinha no encanamento, pois este produto irá contaminar as águas. Um litro de óleo de frituras pode contaminar até um milhão de litros de água.

Lembre-se: se todos economizarem, a água não vai faltar. Racionando, podemos ajudar o meio ambiente e economizar dinheiro. Ganha-se duas vezes.

Distribuição de água na Hidrosfera

– Oceanos: 97,2%

– Geleiras e calotas de gelo: 2,15%

– Água presente no subsolo: 0,62% (aproximadamente)

– Águas da superfície (rios, lagos, biomassa): 0,029% (aproximadamente)

– Água presente na atmosfera: 0,001% (aproximadamente)

fonte: U.S. Geological Survey

Você sabia?

– A Unesco estabeleceu que 2013 é o Ano Internacional da Cooperação pela Água. A ideia é incentivar as pessoas, governos e empresas a agirem de forma sustentável no acesso e uso da água.

– Somente 0,5% da água doce (em estado líquido) do planeta está acessível na superfície.

– Cerca de 70% da água doce disponível no Brasil está na Bacia Amazônica.

– As indústrias do Brasil consomem cerca de 100 mil litros de água por segundo.

– Cerca de 70% da água doce é consumida pelo setor agrícola.

– A Ciência que estuda as formas de vida nas águas continentais e oceânicas é conhecida como Hidrobiologia.