contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Justiça de Picos realiza primeiro casamento gay

O casal Cleisson da Silva Sousa, 21 anos, e Luciann Jeyhverson Siqueira, 22 anos, já viviam juntos há mais de um ano

| quarta-feira, 18 dezembro , 2013

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (18) o primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo na cidade de Picos. O casal Cleisson da Silva Sousa, 21 anos, e Luciann Jeyhverson Siqueira, 22 anos, que já estavam juntos há mais de um ano oficializaram a união. O casamento teve início às 11h30 e foi celebrado pelo juiz da 4ª Vara Criminal de Picos, Tiago Brandão, no Fórum Helvídio Nunes de Barros.

O casal Cleisson da Silva Sousa, 21 anos, e Luciann Jeyhverson Siqueira, 22 anos - Foto: Romário Mendes

O casal Cleisson da Silva Sousa, 21 anos, e Luciann Jeyhverson Siqueira, 22 anos – Foto: Romário Mendes

Para o jovem casal, esta união simboliza o amor e a quebra de preconceitos. “Nós estamos juntos há quase cinco anos, mas ainda faltava a concretização deste momento e deste sonho. Este casamento deve servir para a quebra de preconceitos e demonstrar a liberdade do amor entre duas pessoas. Hoje só podemos dizer que estamos muito felizes”, afirmam os noivos recém-casados.

A madrinha e também uma das organizadoras do matrimônio, Jovanna Cardoso, diz ser este momento uma demonstração de força e de representatividade do Movimento LGBT brasileiro. “Isto é um direito conquistado no Brasil, e Picos não é exceção, é uma das primeiras cidades do interior a dar o primeiro passo. Isto demonstra a força, coragem para enfrentar os preconceitos e que assumem este feito”, comemora Jovanna Cardoso.

De acordo com o casal as suas respectivas famílias receberam muito bem a ideia do casamento. Os mesmos ainda disseram que o próximo passo agora é constituir família. Após a solenidade foi servido um almoço apenas para convidados, celebrando o casamento e o marco histórico que esta união simboliza nas conquistas pelos direitos homossexuais do movimento LGBT de Picos.

Estiveram presentes autoridades políticas, vereador Welington Dantas, vice-presidente do PT em Picos, Oneide Rocha, a coordenadora de Direitos Humanos e Livre Orientação Sexual, Jovanna Cardoso, promotor de Justiça Marcelo Monteiro, professor Paulo Mafra, professora Adnaid Rufino além de familiares e amigos do casal.

Em maio deste ano o Conselho Nacional de Justiça determinou que os cartórios de todo o país efetuassem a habilitação, celebração do casamento civil ou conversão da união estável em casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Com informações de Riachaonet