contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Jogador de futebol é assassinado no Piauí

O atleta que jogaria a primeira divisão do futebol paulista estava no Piauí para visitar familiares quando foi assassinado a tiros

| sábado, 1 novembro , 2014

Foi morto a tiros na madrugada deste sábado (01/11) o jogador de futebol Edson Piauí. O crime aconteceu em uma churrascaria, localizada no bairro Cancela, em Floriano. O atleta que estava contratado para atuar pelo futebol do estado de São Paulo, primeira divisão, e que iria se apresentar ao clube antes do Natal, estava acompanhado de um irmão que é policial militar, integrante do 3º Batalhão da Polícia Militar local, que também foi baleado.edson-piaui8989

O PM que é conhecido por Vadim, está na sala de cirurgia do Hospital Regional Tibério Nunes, bairro Manguinha. As primeiras informações é que três disparos teriam lhe acertado.

A Polícia Militar informou que houve um desentendimento entre o jogador Edson Piauí e um homem identificado por Manoelzinho, que seria dono de um Casino que funciona nas proximidades do antigo Terminal de Passageiros, bairro Cancela em Floriano-PI.  O tenente Vasconcelos disse que tudo teria começado no Clube Palace Eventos, bairro Simbaíba,  proximidades da ponte sobre o Rio Parnaíba.

No clube teria havido um desentendimento que envolveu o jogador Edson Piauí e o Manoelzinho, no entanto, o jogador teria deixado o local. Pouco tempo depois, Piauí teria ido à casa do irmão no bairro Curador, o PM Eurival, o acordou e fez o convite para que esse lhe acompanhasse e ao chegarem a Churrascaria Bocaína, bairro Cancela, ao descer do carro o jogador Piauí teria sido alvejado com dois tiros pelo Manoelzinho que já se encontrava no local.  No jogador, os disparos acertaram o abdômen e antebraço esquerdo.

Ainda segundo a PM, por meio de informações de populares, o policial militar Eurival (conhecido por Vadin) , que também descia do carro  teria sido também baleado e levado três disparos. O jogador Piauí caiu em seguida e morreu no local, já o seu irmão, chegou a ser socorrido e nesse momento está sobre cuidados médicos no Hospital Regional Tibério Nunes de Floriano.  “Essas são informações que colhemos no local, mas claro, a perícia é quem vai confirmar quantos disparos acertaram de fato nessas vítimas”, completou o PM.

Fonte: Piauí Noticias