contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Governo assegura progressões e retroativos na Uespi

O objetivo da proposta foi entrar em acordo a fim de finalizar o fim da greve na universidade, que já dura mais de 30 dias

| terça-feira, 24 maio , 2016

O secretário estadual de Administração e Previdência, Franzé Silva, esteve reunido, na tarde desta segunda-feira (23), com representantes da Associação dos Docentes da Uespi (Adcesp), do Sindicato dos Técnicos Administrativos (Sintuespi) e alunos da instituição. O objetivo foi entrar em acordo a fim de finalizar o fim da greve na universidade, que já dura mais de 30 dias. Também estiveram presentes na reunião o reitor Nouga Batista, a vice-reitora Bárbara Melo e pró-reitores da universidade.wss87989

Franzé Silva explicou que R$ 25 milhões estão garantidos para a instituição e serão executados de acordo com as demandas especificas de cada campi. Segundo o secretário, nesta terceira mesa de negociação, novos pontos foram abordados e a maioria dos professores aceitou a proposta do Governo, entretanto, alguns docentes mantiveram a postura de manter a greve.

“Em nenhum momento o governo se negou a negociar. Mostramos inclusive as perspectivas financeiras. O governador irá encaminhar aquilo que foi feito na mesa, mantendo a sua palavra, mas dentro dos limites financeiros do Estado”, declarou Franzé. O secretário informa que, se o diálogo com a categoria não avançar nos próximos dias, o Governo do Estado irá solicitar a ilegalidade da paralisação.

“Esperamos que consigamos negociar para sair do estado de greve. Não é uma situação boa pra ninguém. Estamos a esperar que as negociações possam avançar e pelo bom senso e respeito de todos”, declarou o reitor Nouga Batista.

Uma nova reunião entre o secretário e os presidentes de sindicatos foi marcada para esta terça (24), às 8h, na sede da SeadPrev.