contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Firmino Paulo deixa PSDB, mas não promete votar no PT

O deputado deixa o partido que presidia e deve se filiar ao PDT, partido da base do governador Wellington Dias (PT)

| quarta-feira, 28 março , 2018

O deputado estadual Firmino Paulo enviou à direção do PSDB sua ficha de desfiliação da sigla. Ele deixa o partido que presidia e deve se filiar ao PDT, partido da base do governador Wellington Dias (PT).

Apesar da mudança para uma legenda da base governista, Firmino não garante votar em Wellington Dias. Ele afirma que muda de legenda, mas continua com o mesmo posicionamento de oposição.

“Essa mudança ocorre por uma questão de sobrevivência dentro da disputa proporcional. Não questionamos a questão majoritária. Minhas posturas continuam as mesmas dentro do partido. Nunca conversei com o governador. Ressalto que é exclusivamente pela questão proporcional”, disse.

A postura de Firmino não é reprovada no PDT. Não é a primeira vez que o partido tem um deputado declaradamente de oposição. O deputado Robert Rios era do partido e se manteve no palanque oposto a Wellington Dias.

Ele diz que só definirá o apoio a uma chapa majoritária no final de abril. “As candidaturas ainda estão abertas. Só vamos definir no final de abril. Só aí me definirei sobre a questão majoritária”, declarou.

Por Lídia Brito
Cidadeverde.com