contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Rede Cegonha será implantada na Região de Picos

A iniciativa pretende ampliar e melhorar a assistência a gestantes, recém-nascidos e crianças de forma integral

| segunda-feira, 20 janeiro , 2014

Estiveram reunidos na sala de reuniões do Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA a secretária municipal de saúde, Drª Ana Eulálio, a coordenadora do Grupo Condutor Estadual da Rede Cegonha, Cristiane Moura Fé, a gerente de saúde da mulher da Secretaria Estadual de Saúde, Alzenir Moura Fé, O diretor da Maternidade Dona Evangelina Rosa em Teresina, Drº Joaquim Parente e Drº Arimatéia para discutir e viabilizar ações que auxiliem e amparem a implantação da Rede Cegonha no Município.

rsg

A Rede Cegonha é uma estratégia inovadora do Ministério da Saúde que pretende ampliar e melhorar a assistência a gestantes, recém-nascidos e crianças de forma integral. O programa é composto por um conjunto de medidas para garantir, instituída no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), atendimento adequado, seguro e humanizado. Participaram também coordenadores da secretaria municipal de Saúde, médicos, donos de hospitais e clinicas de Picos.

Além de outros informes, a reunião apresentou também a questão da implantação de novos protocolos de atenção ao pré-natal, parto e puerpério, capacitação de profissionais de saúde e campanhas de informação e conscientização sobre o parto normal humanizado. A secretária de Saúde, Ana Eulálio, destacou a importância da implantação da rede cegonha para o município de Picos e macrorregião.

“Esse é um grande avanço para saúde da população de Picos e dos 42 municípios, que fazem parte do território vale do guaribas, com a rede cegonha, podemos aprimorar as ações de promoção, prevenção e assistência à saúde das gestantes, puérperas e dos recém-nascidos, bem como proporcionar à criança o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudável”, ressaltou.

O que é a Rede Cegonha?

É uma estratégia do Ministério da Saúde que visa implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério, bem como assegurar às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudáveis.

Esta estratégia tem a finalidade de estruturar e organizar a atenção à saúde materno-infantil no País e será implantada, gradativamente, em todo o território nacional, iniciando sua implantação respeitando o critério epidemiológico, taxa de mortalidade infantil e razão mortalidade materna e densidade populacional.

São quatro os componentes da Rede Cegonha:

I – Pré-natal;

II – Parto e nascimento;

III – Puerpério e atenção integral à saúde da criança; e

IV – Sistema logístico (transporte sanitário e regulação).