contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Em um ano, Greco realiza 19 operações no Estado

O Greco realizou a operação que resultou na prisão dos autores e mandantes do assassinato do ex-vereador, Emídio Reis.

| sexta-feira, 3 janeiro , 2014

Criado em dezembro de 2012, o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) fez um balanço das ações realizadas em seu primeiro ano de atuação. Ao todo, foram realizadas 19 operações, que resultaram no desbaratamento de quadrilhas e na prisão de vários elementos de alta periculosidade, além da instauração de 35 inquéritos policiais.

De acordo com o delegado Menandro Pedro, titular do Greco, o Grupo é responsável por investigar sequestros, assaltos a bancos, atuação de quadrilhas interestaduais, crimes de pistolagem e de grandes repercussão, além de casos encaminhados pelo secretário estadual de Segurança, Robert Rios.

Delegado Menandro Pedro, titular do Greco, o Grupo - Foto: PC

Delegado Menandro Pedro, titular do Greco – Foto: PC

Robert Rios elogia a forma de atuação do Grupo desde a sua criação. “O Greco veio para confirmar a eficiência e o trabalho de investigação primoroso realizados pela nossa Polícia Civil, que está de parabéns, com homens que orgulham a instituição e também o nosso Estado”, diz.

Dentre as operações deflagradas pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado estão a Operação Cinzeiro, Operação Velho Oeste, Operação Luz, Operação Lagoa Verde, Operação Novo Cangaço, Operação Iguana, Operações Caixeiro I, II e III, Operação Angelim, Operação Alcatéia, Operação Aroazes, Operação Ostentação, Operações Fronteiras I e II, Operação União e Operação Certame, todas em Teresina, além da operação Mandacaru (Teresina e São Julião).

O Greco realizou também operações em Francinopólis, Pimenteiras, Picos e São Julião, que resultou na prisão dos autores e mandantes do assassinato do ex-vereador do município, Emídio Reis.

Fonte: CidadeVerde