contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Continua impasse em torno do novo salário dos comerciários

Para o SINTRACS, o salário pago no município de Picos não pode ser menor do que R$ 767,00

| sexta-feira, 3 janeiro , 2014

Após duas rodadas de negociações, empresários e representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Picos (SINTRACS) ainda não conseguiram chegar a um acordo em relação ao valor do salário dos comerciários para este ano de 2014. Uma nova reunião está marcada para a próxima terça-feira (07).

Marcos Holanda - Foto: Portal O povo

Marcos Holanda – Foto: Portal O povo

O presidente do SINTRACS, Marcos Holanda, disse que o principal impasse está no fato do Sindicato não aceitar que os comerciários de Picos tenham um piso salarial inferior ao dos trabalhadores do comércio de municípios bem menores como Oeiras, Valença do Piauí e Paulistana.

“Nós estamos ansiosos para fechar um acordo, mas um acordo que o trabalhador possa sair ganhando algo. Se for um acordo que o trabalhador venha a ter um salário menor que essas cidades aí a gente não tem disposição para trabalhar nesse sentido”, ponderou Marcos Holanda, acrescentando que o salário em Picos não pode ser menor do que os R$ 767 reais pagos nos municípios citados anteriormente.

Caso um acordo entre empresários e comerciários, nos moldes do desejado pelo SINTRACS, não seja fechado, o presidente do Sindicato falou que pelo menos até maio dia 30 de maio de 2014 os trabalhadores receberão o salário mínimo de R$ 724 reais. “Em junho vai ter uma próxima negociação para essas cidades que não tem Sindicato e vamos seguir as demais cidades do Piauí”, finalizou Holanda.

Fonte: Diaadiapicos