contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Celular de vítima de homicídio desaparece da cena do crime

A Delegacia de Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio segue dando andamento a investigação do assassinato de Romildo Rodrigues do Nascimento

| sexta-feira, 25 novembro , 2022

A Delegacia de Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL), em Picos, segue dando andamento a investigação do assassinato de Romildo Rodrigues do Nascimento, morto à tiros no último sábado (19) no Povoado Torrões. A vítima teve o celular subtraído durante a execução.

O delegado titular da DHTL, Agenor Ferreira Lima, explicou que uma das principais linhas investigativas do caso aponta para relação com o tráfico de entorpecentes na cidade.

Após o homicídio, a Polícia Civil realizou diligências em busca de informações que levassem a autoria do crime. Durante buscas na casa da vítima, os policiais encontraram oito tabletes de cocaína avaliados em R$ 200.000,00 (duzentos mil reais).

Agenor Lima ainda revelou que o laudo necroscópico deverá ser concluído em breve. O material também será base para as investigações.

O crime

Romildo Rodrigues do Nascimento foi morto à tiros no Povoado Torrões, zona rural de Picos. A vítima transitava em uma picape de cor branca quando ocorreu o crime.

A vítima foi alvejada por vários disparos de arma de fogo e foi encontrada caída próximo ao carro que trafegava.

Por Paula Monize/ Cidade Verde