contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Atleta de Picos é nome forte para Rio 2016

Em 2014, Luís Carlos tem garantida a participação em competições no Uruguai, na Rússia e no México

| domingo, 29 dezembro , 2013

De férias na sua cidade natal o picoense, Luís Carlos Cardoso, é um desconhecido em Picos. A maioria dos moradores do município provavelmente nem saberia dizer o que faz dele bastante conhecido mundialmente no esporte que pratica. Não, com certeza o atleta não é jogador de futebol. Há quatro anos Luís Carlos é atleta da canoagem. Todavia a categoria a que ele pertence é bastante especial: a paracanoagem.

EEE333

Hoje com 29 anos, até os 26 nem o próprio Luís Carlos jamais imaginou que esse seria seu destino. Até porque até o final de 2009 o mesmo era um dançarino de forró bem sucedido. Destaque na profissão ele passou por bandas consagradas, entre as quais: Forró Cariciar, Cacau com Mel, Líbanos, Tropicálya e Zanzibar. Em 2008 vem a melhor fase com o ingresso no balé do cantor, Frank Aguiar. Só que uma doença inesperada impossibilitou a continuidade na carreira artística.

O motivo para a interrupção: uma tetraplegia inesperada. Uma bactéria, oriunda de uma esquistossomose, provavelmente adquirida durante a adolescência, deixou Luís Carlos paralítico. Quis o acaso que ele fosse internado no dia do próprio aniversário, 11 de dezembro, do ano de 2009. Onze dias após a internação o dançarino só mexia os ombros, a cabeça e os braços. Para piorar veio uma morte na família. “No dia 05 [de janeiro de 2010] eu perdi a minha mãe. Mas graças a Deus algo dentro de mim foi mais forte que eu não entrei em depressão”, lembrou.

EEEERRR

Nesse momento a atividade física que ajudaria na reabilitação virou muito mais do que isso. Na primeira participação em um Campeonato Brasileiro de paracanoísmo, ainda em 2010, dois bons resultados. Uma medalha de ouro e outra de prata. Daí por diante as portas se abriam e o esporte passou a ser encarado como uma nova profissão. O primeiro colega foi o renomado paracanoísta, Fernando Fernandes, que participou de uma das edições do Big Brother Brasil.

Do início da adesão a canoagem até os dias de hoje o atleta evoluiu de forma excepcional e já conseguiu cravar seu nome entre os melhores da modalidade. “Ano passado fui para a Argentina, onde eu ganhei o Sul-americano, fui para a Polônia, onde si consagrei vice-campeão mundial, e esse ano eu fui para o Chile e ganhei o bicampeonato Sul-americano e fui para a Alemanha em busca do Campeonato Mundial, só que infelizmente aconteceram alguns problemas com o meu barco, medalhei e acabei sendo desclassificado”, destacou.

VEEEE

Com os bons resultados obtidos, Luís Carlos tem garantida em 2014 a participação em competições no Uruguai, na Rússia e no México. Porém, ele está de olho mesmo é nas Paraolimpídas do Rio de Janeiro em 2016. As seletivas acontecerão em 2015. O paratleta mora na cidade de São Paulo e treina no Time São Paulo que é bancado pelo Governo do Estado em parceria com o Comitê Paraolímpico. “Essas seletivas vão abrir a porta para eu poder está classificado para as Paraolimpíadas de 2016 e se Deus permitir subir no pódio mais alto”, encerrou. Luís Carlos possuí uma página na Internet com mais informações sobre sua carreira no endereço: www.luiscarlosparacanoagem.com.br.

Reportagem João Paulo – Rodeador News/ Fotos: Site pessoal