contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Assassino de cachorro é condenado a pagar multa

Esse foi o primeiro caso de maus tratos a animais julgado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Picos

| quinta-feira, 30 junho , 2016

Aconteceu na manhã desta quarta-feira, 29, o segundo julgamento do acusado de matar cachorros no povoado Cristovinho, em Picos.  Esse foi o primeiro caso de maus tratos a animais julgado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Picos (COMAM).gggga

A primeira sessão do julgamento aconteceu no dia 08 de junho, onde os membros do Conselho solicitaram novas diligencias a cerca do fato, que aconteceu em 2015.

O acusado teria executado a tiros cerca de cinco cachorros da região, o caso foi denunciado a secretaria de meio ambiente por moradores do povoado. O mesmo participo da primeira sessão do júri e afirmou que os animais estavam invadindo sua propriedade e matando seu rebanho de ovelhas.

Durante a segunda sessão, os membros do conselho decidiram por 3×1 pela condenação parcial do acusado que terá que pagar 50% da multa, que havia sido estipulada em R$ 4795,00.

“Após a realização de novas diligências, nessa segunda votação o conselho por maioria decidiu que o autuado deverá pagar R$ 2397,50. O recurso será revertido para o fundo municipal de meio ambiente e para os Amigos Protetores dos Animais de Picos (APAPI)”, afirmou o secretário de meio ambiente de Picos, Glauber Silva.

Ainda segundo o secretario após a notificação do acusado, a multa deve paga em dez dias, que poderá ser parcelada. Caso o pagamento não seja efetuado o CPF do mesmo será escrito na dívida ativa do município.

O presidente da APAPI, Felipe Coelho, esteve presente na reunião e comemorou a destinação de parte da multa para a realização de ações da Organização Não Governamental.

“A renda será custeará alguns tratamentos veterinários já realizados pela ONG, além disso, iremos realizar castrações gratuitas no povoado onde o crime aconteceu. Nos da APAPI vemos esses crimes com repúdio, uma vez que em Picos os crimes de maus tratos só crescem”, relatou Felipe.