contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

“As críticas vêm e a gente as rebate mostrando trabalho”

O prefeito municipal de Picos Kleber Eulálio, do PMDB, rebateu as criticas e falou sobre a sua longa trajetória pública

| quinta-feira, 9 abril , 2015

O Prefeito de Picos, Kléber Eulálio (PMDB), falou sobre sua intenção de disputar a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e rebateu as críticas que vem recebendo pela decisão. Ele explica que começou a trabalhar cedo.kleber-eulalio-373811111

“Eu me formei em medicina com apenas 23 anos de idade”, fala, dando a entender que, em 1977 era tarefa difícil concluir um curso superior tão moço. “Eu fui o mais novo da minha turma”, lembra que fez residência médica no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e prestou concurso para o INAMPS, hoje o Ministério da Saúde.

Aos 25 anos Kléber Eulálio já tinha a missão de lecionar como professor de obstetrícia na Universidade Federal do Piauí (UFPI). Após 35 anos de contribuição, veio à aposentadoria no último dia 12 de março.

“Nessa disputa pela vaga para o TCE, vejo gente com interesse em disseminar informações inverídicas”, explicou Kléber Eulálio, referindo-se ao fato de ter surgido informações de que ele ‘colecionava’ contracheques.

“Tenho vínculo com o Ministério da Saúde através de concurso que prestei”, disse, relembrando que foi médico plantonista na Maternidade Evangelina Rosa e no Hospital Casamater. “As críticas vêm e a gente as rebate mostrando trabalho”, acrescentou.

Vida pública

Fazendo um retrospecto da vida pública, Kléber Eulálio disse que entrou para a política no ano de 1982, quando disputou sua primeira eleição para deputado estadual. Ficou como primeiro suplente, mas em junho de 1983 foi convocado a assumir, permanecendo até fevereiro de 1984. No ano de 1985, veio à eleição para prefeito da capital. O então deputado Deoclécio Dantas ficou como vice e teve que renunciar ao cargo de deputado, oportunizando assim, que Kléber Eulálio assumisse em definitivo a cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí, para o mandato que se estendeu até janeiro de 1987.

A eleição no ano anterior, 1986, deu ao então deputado Kléber mais um mandato. De 1986 a 2010, o político se reelegeu por sete vezes como deputado estadual. “Os serviços que prestei ao povo do Piauí me credenciaram a continuar e o reconhecimento veio nas urnas”, disse. Em 2012 Kléber Eulálio foi candidato nas eleições para prefeito em sua cidade de Picos e venceu a disputa.

Eleito, ele renunciou ao mandato de deputado estadual. Na Assembleia, foi presidente do legislativo em quatro oportunidades: de 1989 a 1991, de 1999 a 2001, de 2001 a 2003 e de 2003 a 2005. Assumiu o governo do estado em alguns momentos, incluindo o período em que o ex-governador Mão Santa foi cassado. Exerceu o cargo de secretário estadual de Governo nas gestões de Alberto Silva (1988), Mão Santa (1986) e Wellington Dias (2005-2006 e 2007-2010).

Fonte: Jornal de Picos