contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Amostragem divulga pesquisa para prefeito de Picos

O levantamento foi realizado nos dias 22 e 23 de setembro e foram entrevistados 400 eleitores. A margem de erro é de 4,8%

| sexta-feira, 30 setembro , 2016

clima-cordial-entre-padre-walmir-e-gil-paraibano-e-so-aparencia-362713222Uma nova pesquisa realizada pelo Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem) e publicada nesta sexta-feira, 30, mostra Gil Paraibano (PP) ainda na liderança. Ele vem seguido de perto pelo prefeito e candidato a reeleição, Padre José Walmir de Lima (PT). A diferença em favor do progressista é de 6,25%.

Na sondagem estimulada, Gil Paraibano (PP) aparece com 48% das intenções de votos, contra 41,75% do Padre Walmir (PT). Júnior Nobre (PSC) tem 3,25% e Gilvan Gomes (PSDC) 1%. Os indecisos somam 4,25% e branco ou nulo 1,75%.

A pesquisa foi realizada nos dias 22 e 23 de setembro e foram entrevistados 400 eleitores residentes nas zonas urbana e rural do município. A margem de erro admitida pelo instituto é de 4,8% para mais ou para menos e grau de confiança de 95%.

Ao custo de dez mil reais, a pesquisa foi contratada por Virgínia Portela Fontenele, cujo endereço indicado é rua Visconde da Parnaíba, nº 2715, bairro Horto Florestal, em Teresina. A consulta está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número de protocolo PI-00351/2016.

No quesito rejeição a pesquisa aponta Padre Walmir (PT) e Gilvan Gomes (PSDC) com 30,5%. Gil Paraibano é rejeitado por 21,5% dos eleitores entrevistados e Júnior Nobre aparece com 20,25%.

Ascensão do petista

Durante a campanha eleitoral em Picos o Instituto Amostragem publicou três pesquisas de opinião para prefeito. Os resultados divulgados mostram o candidato Padre Walmir (PT) em ascensão e Gil Paraibano (PP) em ligeira queda. A diferença em favor do progressista que chegou a 33,25% em junho despencou para 6,25% em setembro.

Na primeira pesquisa realizada pelo Instituto Amostragem e divulgada dia 16 de junho deste ano, Gil Paraibano aparecia em primeiro lugar com 55,25% das intenções de votos, contra 22% do Padre Walmir (PT). A vantagem do ex-prefeito para o atual gestor era de 33,25% pontos percentuais.

Na segunda pesquisa Amostragem divulgada dia 8 de agosto, Gil Paraibano tinha 51% das intenções de votos, contra 29,5% do Padre Walmir. Nessa época a diferença em favor do candidato do PP era de 21,5%. O resultado divulgado hoje pelo Instituto Amostragem aponta que a vantagem do ex-prefeito despencou para 6,25%.

Locais pesquisados

Foram feitas entrevistas nos bairros Aerolândia, Malvinas, Aroeiras do Matadouro, Bela Vista, Boa Sorte, Boa Vista, Bomba / São Vicente, Canto da Várzea, Catavento, Centro / Pé do Morro, Conduru, DNER, Ipueiras, Jardim Natal, Junco, Malva, Emaus, Morada do Sol, Paraibinha, Paroquial, Parque de Exposição, Parque Industrial (Pantanal), Passagem das Pedras, Pedrinhas, São José, Trizidela, Belo Norte, Cidade de Deus, Cohab e Morro da AABB.

Os entrevistadores ouviram eleitores residentes nos povoados Fátima do Piauí, Altamira / Aeroporto, Junco dos Monteiros, Coroatá / Lagoa dos Félix, Chapada do Mocambo, Torrões, Angical, Tabatinga, Altos, Tapera, Morrinhos I, Valparaíso, Lagoa Comprida, Umari, Curralinho / Cristovinho, Bocolô, Estribaria, Saquinho, Capitão de Campos, Samambaia, Mirolândia, Malhada Grande, Gameleira dos Rodrigues e Angico Branco.

Reportagem José Maria Barros/ Jornal de Picos