contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

50% dos motoqueiros picoenses não tem habilitação

Outra infração comum entre os condutores de motos é o não uso do capete, equipamento obrigatório.

| sábado, 26 outubro , 2013

Picos tem a 3ª maior frota de motocicletas do Estado - Foto: Reprodução

Picos tem a 3ª maior frota de motocicletas do Estado – Foto: Reprodução

Conforme dados referentes ao Censo 2012, a cidade de Picos tem a terceira maior frota de motocicletas do Estado do Piauí. Ao todo são cerca de 20 mil 433 motos trafegando pelas ruas do município. Com isso os motoqueiros tem sido o principal problema para as autoridades de trânsito.

Além de desobedecer a normas de trânsito básicas, como usar capacete, por exemplo, muitos motoqueiros não possuem a Carteira Nacional de Habilitação. O Departamento Municipal de Trânsito estima que metade dos condutores de motos que trafegam nas vias do município são inabilitados.

“Os principais problemas que a gente observa aqui é em relação a motoqueiros, pessoas que não são habilitadas e ainda insistem em ficar conduzindo. Porque se a gente parar 20 condutores de motocicleta dez com certeza não são habilitados. E essas pessoas se acham na razão, no direito de andar na impunidade e não é assim”, pontuou o Coordenador Operacional do DMT, Sargento Genesiano.

Para ele, os condutores de motocicleta que não tem a carteira de motorista devem se conscientizar e legalizar suas situações. Por outro lado, o Sargento Genesiano explicou que devido a maior intensidade das fiscalizações aumentou bastante no município o uso do capacete.

“A cidade foi sinalizada, uma parte dela, a gente fez blitz educativas e eu diria que 80% dos motoqueiros estão usando capacete. Ainda tem os que ficam teimando. Mas com o tempo a gente vai trabalhando e vai dar certo. E vamos trabalhar para que melhore ainda mais”, finalizou o Coordenador Operacional do DMT.

Com informações do Rodeador News