contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Wellington Dias anuncia mais sete nomes de sua equipe

Com o anúncio, já são oito os nomes confirmados pelo governador eleito na equipe que irá assumir no dia 1º de janeiro de 2015.

| sábado, 6 dezembro , 2014

O governador eleito Wellington Dias anunciou na manhã desta sexta-feira (5) o nome de mais sete pessoas que vão compor o alto escalão de seu novo governo.w.dias7777

Confira os nomes:

Sexta-feira (5/12)

Capitão Fábio Abreu – Segurança

Antonio Neto – Planejamento

Franzé Silva – Administração

Daniel Oliveira – Justiça

Guilhermano Pires Ferreira – Transportes

Rafael Fonteles – Fazenda

Plínio Clerton – Procurador-geral do Estado

01 de dezembro

Francisco Limma – Desenvolvimento Rural

Com o anúncio, já são oito os nomes confirmados pelo governador eleito na equipe que irá assumir no dia 1º de janeiro de 2015.

Participaram da reunião antes do anúncio Francisco Limma, já anunciado para a Secretaria de Desenvolvimento Rural e os futuros senadores Elmano Férrer e Regina Sousa.

Com a confirmação do capitão Fábio Abreu na secretaria de Segurança, o suplente Silas Freire (PR) assumirá uma vaga na Câmara dos Deputados em Brasília (DF).

Plínio Clerton já foi procurador-geral do Estado nas gestões anteriores de Wellington Dias. Franzé Silva e Antônio Neto foram secretários de Fazenda. Daniel Oliveira foi advogado da coligação “A Vitória com a Força do Povo” durante a campanha do governador eleito.

Rafael Fonteles é uma das novidades. Ele é filho do ex-deputado federal Nazareno Fonteles (PT).

Após o anúncio dos nomes, Wellington Dias afirmou que buscou formar uma equipe com perfil técnico, mas ainda irá discutir com as forças políticas que o ajudaram na eleição a definição dos outros cargos.

A orientação do governador aos futuros secretários foi priorizar a manutenção de convênios. “É garantir as condições para que os convênios já contratados, obras que já foram iniciadas, não perder prazos de prorrogação”, explicou.

Segundo Wellington Dias, recentemente o Estado perdeu recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia para o programa Piauí Digital porque uma obra não foi iniciada.

Fonte: cidadeverde.com