contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Vereadores de Picos fazem homenagem a Leonardo

Antes dos pronunciamentos na sessão, foi exibido em telão um vídeo contando uma pequena parte da trajetória de Leonardo

| sexta-feira, 4 março , 2016

Por iniciativa do presidente Hugo Victor Saunders Martins (PMDB), a Câmara Municipal de Picos realizou na tarde desta quinta-feira, 3, uma sessão solene em homenagem ao ex-jogador Leonardo Pereira da Silva. O ídolo faleceu às 15h15 da última terça-feira, 1º, após um mês internado no Hospital da Restauração em Recife. Ele tinha 41 anos, era casado e pai de duas filhas.casasas

Treze dos quinze vereadores com assento na casa participaram da sessão solene. Também marcaram presença o presidente da Sociedade Esportiva de Picos (Sep), bioquímico Waldemar Santos Júnior, o Dr. Júnior; ex-prefeito José Néri de Sousa (PTB) e a deputada Belê Medeiros (PSB).

Como era uma sessão solene, os três tiveram o direito de usar a tribuna e discursar. No seu pronunciamento, a deputada Belê (PSB) destacou a trajetória de Leonardo, ressaltando, além das suas qualidades como atleta, o seu caráter humanitário. Para ela, uma pessoa que sempre procurou ajudar a família e que servirá como exemplo para todos os picoenses.

O ex-prefeito José Néri de Sousa, que comandava o município de Picos e era presidente de honra da Sep na época em que Leonardo foi revelado, destacou o talento do atleta, filho de Chico Belo, conhecido sapateiro da cidade.

“Leonardo é de uma família de craques! Além dele, o que mais se destacou, tinha também Joselito, tão bom quanto ele, e o lateral Pedrinho, conhecido como Pedro Cem” – lembrou José Néri. Segundo ele, todos os três aturam pela Sep, além do primo Natinho, autor do gol do primeiro título estadual da equipe picoense na final contra o River, no Estádio Albertão, em Teresina em 1992.

O atual presidente da Sep, Dr. Júnior, lamentou a morte precoce de Leonardo e disse que Picos perdeu muito. Para o dirigente, o ex-atleta sempre procurou ajudar os mais humildes e se mantinha a disposição para colaborar com o clube picoense que o revelou para o futebol.

Idealizador da homenagem o presidente da Câmara Municipal de Picos, Hugo Victor (PMDB), disse que o povo picoense perdeu um ídolo, mas seu talento, personalidade e caráter ficarão eternizados na memória de todos aqueles que o conheceram ou ouviram falar dele.

“Leonardo será eterno por suas atitudes! Pessoa digna, que sempre procurou ajudar a sua família e estava presente em Picos, sua terra natal. Então, é mais do que justa essa homenagem que o poder legislativo presta a uma pessoa que nos proporcionou tantas alegrias” – declarou Hugo Victor.

O parlamentar fez questão de agradecer a família de Leonardo por concordar que o seu corpo fosse velado e sepultado em Picos. De acordo com Hugo Victor, esse era um desejo do povo picoense que queria se despedir, poder dá o último adeus ao seu maior ídolo.

Antes dos pronunciamentos, foi exibido em telão um vídeo contando uma pequena parte da trajetória de Leonardo. Ao final, o jornalista Ivo Farias, ao violão, cantou a música Balada Nº 7 (Mané Garrincha) em homenagem ao ex-atleta picoense, reverenciado pelo seu talento dentro de campo e respeitado por suas atitudes fora dos gramados.

Reportagem José Maria Barros/ Jornal de Picos