contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Três pessoas são mortas em chacina em Alagoinha do Piauí

Uma das vítimas era acusada de participação na morte do ex-vereador de São Julião, Emídio Reis, crime ocorrido em 2013

| quinta-feira, 3 agosto , 2017

Duas mulheres e um homem foram mortos enquanto dormiam na noite desta quarta-feira (02/08), por das 22:30h, na comunidade São João, zona rural de Alagoinha do Piauí. Dois suspeitos armados teriam invadido a residência e executado a tiros Antônio Sebastião de Sá, conhecido como “Antônio Virgílio”, sua mãe, a idosa Teresinha Francisca de Sá e a empregada doméstica da casa, Francisca Maria da Conceição, de 57 anos.

Os corpos foram encaminhados para o necrotério do Hospital Regional Justino Luz e as investigações estão a cargo da delegacia regional de Fronteiras (PI).

Antônio Virgílio era um dos acusados de participação no planejamento, sequestro e morte do ex-vereador de São Julião, Emídio Reis, crime ocorrido em janeiro de 2013. A investigação apontou na época que ele teria pedido carona a vítima e no percurso teria rendido o político com apoio de comparsas e levado o ex-vereador para execução.

Outras duas pessoas envolvidas no caso morreram de forma misteriosa, Joaquim Pereira Neto, conhecido como Joaquim do Gabriel, de 46 anos. Joaquim estava em liberdade condicional quando morreu supostamente de uma queda de moto em 19 de fevereiro de 2016; e João Elísio Pereira que foi assassinado a tiros por dois homens em uma farmácia no Povoado Mandacaru,  em São Julião, crime ocorrido no dia 1° de novembro de 2016.

O delegado Aureliano Barcelo, que está em Alagoinha do Piauí colhendo informações sobre a chacina, não descarta ligação da morte de Antônio Virgílio com o caso Emídio Reis.