contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

TJ vai abrir concurso para 300 servidores e 25 juízes

O edital do concurso público do Tribunal de Justiça do Piauí ainda está em fase de elaboração e não tem data para ser divulgado.

| quinta-feira, 22 janeiro , 2015

O Tribunal de Justiça do Piauí abriu nesta quinta-feira (22) o ano judiciário no Estado. Na volta do recesso, o presidente do TJ-PI, desembargador Raimundo Eufrásio, destacou o aumento do orçamento e estabeleceu como meta melhorar a estrutura do Poder Judiciário local.raimundo-eufrasio-620x330111

Para reforçar a estrutura física e de pessoal, Eufrásio lembrou que o TJ-PI realizará em 2015 concurso público para a contratação de 25 juízes e 300 servidores. O edital do concurso ainda está em fase de elaboração e não tem data para ser divulgado.

“Tivemos um acréscimo no orçamento. Eram R$ 29 milhões e agora R$ 50 milhões. O ideal seriam R$ 480 milhões para contemplar todas as necessidades. (…) Faremos concurso para juízes e servidores. Precisamos de 60 juízes, mas só poderemos contratar 25”, declarou o presidente do TJ-PI.

Apesar do reforço no orçamento, o Poder Judiciário no Piauí tem 47 unidades sem juízes. Ao todo, isso compromete o trabalho em 19 comarcas. Para tentar amenizar o problema, além da contratação dos 25 juízes, o TJ-PI tem um plano de reforma física dos prédios. “Grande parte dos recursos para essas obras já está assegurado”, acrescentou Eufrásio.

O desembargador Sebastião Ribeiro Martins, corregedor-geral de Justiça, destacou outra prioridade para o ano: a informatização do Tribunal de Justiça. Ele estabeleceu esta como principal meta para 2015. “Vários estados já têm os seus sistemas informatizados. E o Piauí ainda vai iniciar esse processo. Precisamos investir em equipamentos para isso. Já estamos atrasados em relação as metas do Conselho Nacional de Justiça”, afirmou.

Estiveram presentes o secretário estadual de Governo, Merlong Solano, o presidente da Câmara Municipal de Teresina, Luiz Lobão (PMDB), e outras autoridades.

Fonte: Cidadeverde.com