contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

TCE sugere a demissão de 700 servidores de Picos

A decisão deve atingir todas as áreas da administração municipal e sendo cumprida vai deixar muitas famílias desamparadas

| terça-feira, 24 março , 2015

Mais de 700 servidores municipais aprovados no concurso público realizado pela prefeitura de Picos no ano de 2010 podem ser demitidos nos próximos 30 dias. O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) julgou ilegal o procedimento de admissão dos funcionários alegando a ausência de documentos essenciais.

Prefeitura de Picos

Prefeitura de Picos

A decisão deve atingir todas as áreas da administração municipal e sendo cumprida deixará muitas famílias desamparadas, já que a grande maioria depende apenas desta fonte de renda para o sustento.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDSERM) divulgou uma nota oficial tranquilizando os trabalhadores e se comprometendo a discutir uma solução para o problema.

Confira a nota:

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos vem a público esclarecer aos concursados do município de Picos do ano de 2010, que nesta segunda-feira, dia 23 de março de 2015, por volta das 11:00hs tomou conhecimento do acórdão número 174/13 do Tribunal de Contas do Estado do Piauí que julgou ilegal o procedimento de admissão de pessoal efetivo da prefeitura municipal de Picos referente ao concurso público de 2010. Tal julgamento se deu em razão da ausência de documentos essenciais junto ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí.

O SINDSERM/Picos, preocupado com a situação irá, na próxima quarta-feira, 25/03/2015, pela manhã, participar de audiência no Tribunal de Contas em Teresina, juntamente com a administração municipal com o intuito de fazer expediente junto àquele Tribunal de contas para reverter o resultado do acórdão.

O momento exige de todos nós tranquilidade, união e perseverança na defesa dos nossos direitos. Assim, a Diretoria Executiva do SINDSERM/Picos reitera a convocação de todos os servidores para Assembleia de quarta-feira, dia 25 de março, prevista para as 16:30hs na Câmara Municipal de Picos-PI, onde também trataremos do assunto em questão.