contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Sindicalista é morto com 13 tiros na região de Picos

O sindicalista Raimundo José da Silva, 53 anos, foi executado com 13 tiros quando saiu do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

| quarta-feira, 15 outubro , 2014

armasssUm sindicalista e ex-candidato a prefeito pelo PT foi morto no início da noite desta terça-feira (14) no município de Isaias Coelho. Raimundo José da Silva, 53 anos, foi alvejado com 13 tiros quando saiu do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e estava se deslocando para sua residência no povoado Várzea, que fica a 4Km da cidade.

O prefeito de Isaias Coelho, Everardo Carvalho, disse que a cidade está chocada com o crime. “Temos um grave problema de insegurança. No município só tem um policial”, ressaltou o prefeito.

Raimundo José é uma liderança conhecida na região, já foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e atualmente era tesoureiro da entidade. Em 2000, ele foi candidato a prefeito pelo PT.

O sindicalista foi alvejado com tiros por dois criminosos em uma moto. Há suspeita de que houve uma emboscada. A perícia já esteve no local e o corpo foi levado para o hospital da cidade. Raimundo José é casado e pai de três filhos.

O delegado de Conceição do Canindé, Otony Neto, que acompanha o caso, disse que já tem uma linha de investigação e que não iria antecipar para não atrapalhar o inquérito.

Ele ressaltou que o sindicalista não registrou nenhum BO de ameaças de morte. “A Polícia está agora a caça aos criminosos fazendo buscas na região”, disse o delegado.

Fonte: Cidade Verde