contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Sílvio admite que poderá compor chapa com PMDB

Mas o ex-prefeito de Teresina não confirma se aceitará ser candidato a vice ou se pretende insistir na liderança da chapa

| terça-feira, 7 janeiro , 2014

O ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), assumiu que é possível a aliança com o PMDB para candidatura ao governo em 2014. A afirmação foi feita em entrevista ao Notícia da Manhã desta terça-feira (7).

 ex-prefeito-de-teresina

O político explicou que esteve reunido com várias lideranças nos últimos dias, entre elas Themístocles Filho (PMDB), Ciro Nogueira (PP), Zé Filho (PMDB) e o governador do Estado, Wilson Martins (PSB).

“Não mudei meus posicionamentos. Não mudei nada, precisamos ser coerentes com nossos princípios. É tempo de conversas. Se eu tenho apoio político que me coloca numa disputa real, continuo na conversa. Se não tenho, não há conversa”, declarou o ex-prefeito de Teresina.

Sílvio não confirmou se aceitará ser candidato a vice ou se pretende insistir na liderança da chapa. “A discussão tem que ser sobre o Piauí, que tem indicadores ruins que incomodam bastante. Se a discussão for essa, eu participo. Posso ser candidato, porque estou sendo provocado, como posso não ser. O que quero é colaborar”, disse.

Em outubro, o ex-prefeito declarou à TV Cidade Verde que “é zero” a chance de se candidatar a vice.

O político acrescentou que acredita na saída do governador para a candidatura ao Senado Federal. “Se ele conseguir uma aliança política ampla, como ele está querendo, e se forem cumpridas outras condições, ele sai. Muita coisa pode mudar”, finalizou.

Reportagem Jordana Cury/ cidadeverde.com