contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Reiniciadas as matrículas nas escolas estaduais

A Secretaria da Educação pretende solicitar que o MEC considere o excedente de matrículas para o cálculo do Fundeb

| segunda-feira, 12 janeiro , 2015

Tiveram início nesta segunda (12/01) e vão até o dia 13 de fevereiro as matrículas para a Rede Estadual de Ensino para alunos novos no Ensino Médio Regular, Ensino Profissionalizante e para escolas Ensino Fundamental sob a gestão do Estado.gre8989

A superintendente de Ensino da Secretaria da Educação (Seduc), Viviane Fernandes, declarou que a intenção do governo é alcançar mais de 50 mil novas matrículas. Com isto, o número de matrículas na rede pode passar de 260 mil alunos, um total bem superior ao previsto para 2015 pelo senso escolar, que é de 206 mil.

A Secretaria da Educação pretende, assim, solicitar que o Ministério da Educação considere o excedente de matrículas para o cálculo do Fundeb para o ano de 2015. Desta forma, o Estado teria aproximadamente mais R$ 150 milhões para pagamento de professores e investimentos em infraestrutura e ensino ainda este ano. As matrículas devem ser feitas na própria escola escolhida pelo aluno ou responsável.

Os documentos necessários para matrícula são:

1) Ensino Fundamental: cópia da certidão de nascimento do aluno e histórico escolar original;

2) Ensino Médio: documentos de identificação (CPF, Identidade, Comprovante de Residência), histórico escolar do Ensino Fundamental e título de eleitor para alunos maiores de 18 anos;

3) Ensino profissionalizante: documentos de identificação, histórico escolar do Ensino Fundamental e título de eleitor para alunos maiores de 18 anos e foto 3×4.