contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

PSD e MDB se unem em defesa de espaços na chapa petista

As duas siglas não aceitam que o Progressistas e o PT ocupem duas vagas cada na chapa encabeçada pelo governador

| terça-feira, 20 março , 2018

O presidente do PSD no Piauí, deputado federal Júlio César Lima, defende a proposta do MDB de que as quatro vagas da chapa majoritária do governador Wellington Dias (PT), sejam ocupadas por partidos diferentes. Eles não aceitam que o Progressistas e o PT ocupem duas vagas cada.

Os dois partidos se unem em defesa de espaços na chapa. O MDB quer indicar o vice. O nome apresentado pela legenda é do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho. Já o PSD, briga pela segunda vaga de senador. Júlio César é o indicado.  A primeira é do presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira.

Júlio César afirma que a expectativa é que ocorra ainda esta semana, uma conversa definitiva com o governador Wellington Dias. “É nosso desejo. Estamos mais de anos conversando com o governador sobre a participação do partido na chapa majoritária e vamos conversar definitivamente essa semana com o governador. É importante  para saber que encaminhamento vamos ter com relação a solução da participação do partido na chapa majoritária”, declarou.

De acordo com o deputado, a proposta do MDB agrada aos maiores partidos. “A proposta é racional e  satisfaz o desejo dos quatro maiores partidos dos quais o PSD participa. É uma forma de fortalecer a chapa de reeleição do governador  para o quarto mandato”, declarou.

Lídia Brito
Cidadeverde.com