contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

PRF: Tudo pronto para Operação Carnaval 2014

A Polícia Rodoviária Federal vai intensificar o combate as ultrapassagens indevidas e a condutores alcoolizados

| quarta-feira, 26 fevereiro , 2014

Com a proximidade do período de carnaval, a Polícia Rodoviária Federal intensificará as fiscalizações nas rodovias federais em todo o Piauí. A 4ª Delegacia da PRF em Picos já prepara as estratégias de policiamento para a folia. Operação Carnaval terá inicio nesta sexta-feira (28) se estendendo até a quarta-feira de Cinzas (5).

De acordo com o inspetor policial da PRF, Gunnar Lopes, serão realizadas fiscalizações durante o dia e também a noite. “As fiscalizações ocorrerão 24h. Para isto teremos reforços de viaturas e do efetivo de Teresina para também reforçar a segurança nas BRs. Serão colocadas viaturas em pontos estratégicos, como no perímetro urbano da cidade de Picos, o entroncamento da BR316 e a BR 230 que dá acesso ao município de Oeiras, BR316 e a BR 020 que dá acesso a Fortaleza e outro ponto será BR 407 nas proximidades do Clube dos Professores”, enfatizou o inspetor policial.

Inspetor Policial, Gunnar Lopes - Foto: Jesika Mayara

Inspetor Policial, Gunnar Lopes – Foto: Jesika Mayara

Outra estratégia adotada será a realização de blitz em prol da “Lei Seca”. A lei promulgada em 2008 tem por objetivo reduzir os acidentes provocados por motoristas embriagados no país, endurecendo as punições contra quem bebe antes de pegar o volante. Durante as blitzes os policiais farão uso do etilômetro.

Caso os motoristas que não possuam características de embriaguez se recusem a fazer o teste, o condutor é notificado e a carteira de habilitação é recolhida. Ocorrendo que o condutor não faça o teste do etilômetro (bafômetro), e apresente indícios de embriaguez, o mesmo pode ser encaminhado a Central de Flagrantes.

O nível permitido de álcool no organismo é de 0.32%. Em decorrência da superação no percentual estabelecido, o motorista é notificado com a multa no valor de R$1.900,00, podendo ser preso e liberado somente após pagamento da fiança. Em situações que o condutor do veículo seja reincidente o valor da multa é dobrado, respectivamente R$3.800,00.

Reportagem Jesika Mayara/Riachão Net