contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

PRF registra mais de 100 ultrapassagens proibidas

Dentre os diversos tipos de ultrapassagens, preocupa muito aquela realizada onde há marcação viária com faixa dupla contínua

| segunda-feira, 6 junho , 2016

A principal causa de morte nas BR’s de todo o país é a colisão frontal, tipo de acidente que tem relação direta com o excesso de velocidade e ultrapassagens. No entanto, mesmo com vasta divulgação de orientações acerca do tema, o condutor piauiense continua insistindo nessa conduta que mata.prf_operacao78855

Apenas nesse final de semana de sexta (03) a domingo (05), A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 106 ultrapassagens proibidas nas rodovias federais do Piauí. Para a PRF, o número muito preocupante. Neste ano, já foram registrados 3.963 casos.

“Dentre os diversos tipos de ultrapassagens registrados, preocupa muito aquela realizada onde há marcação viária com faixa dupla contínua, uma vez que nestes locais a conduta é proibida em razão do elevado risco de colisão frontal devido a restrições de visibilidade como curvas, aclives, declives, concentração de pessoas, entre outros fatores. Para essa infração, a multa é de R$ 957,70 e 7 pontos na CNH”, alerta os policiais rodoviários.

Há ainda a passagem forçada, que ocorre quando um veículo ultrapassa outro, em local permitido ou não pela sinalização, mas na iminência de cruzar com um terceiro veículo que venha em sentido oposto. Para essa conduta irregular a multa é de R$ 1.915,40, com 7 pontos na CNH.

Adolescentes conduzindo motocicletas

Em fiscalização neste domingo(06), na região Norte do Piauí, policiais rodoviários federais apreenderam três adolescentes de 15 anos conduzindo motocicletas. Um dos fatos ocorreu à tarde em Pedro II/PI e os outros dois à noite em Piracuruca/PI.

Os adolescentes foram apreendidos com base nos artigos 103 da Lei nº 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA) e 309 da Lei 9.503/1997 (Código de Trânsito Brasileiro – CTB), por terem supostamente cometido ato infracional. Os pais ou responsáveis responderão pelo crime previsto no artigo 310 do CTB, cuja pena prevista é de detenção, de seis meses a um ano, ou multa.