contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Parente é apontado como mandante da morte de cantor

O Delegado Tales Gomes prendeu na manhã desta quinta-feira (04/09) o principal suspeito de ser o mandante do assassinato de Edimar Bringeo

| quinta-feira, 4 setembro , 2014

O Delegado Tales Gomes prendeu na manhã desta quinta-feira (04/09) o principal suspeito de ser o mandante do assassinato do cantor Edimar Bringeo, executado aos 46 anos com um tiro à queima roupa que atingiu a nuca quando jogava baralho com amigos. O crime aconteceu no Bar do Noêmio, na Travessa João Paulo II, em Picos, na noite do dia 15 de maio de 2013.

Edimar Bringeo

Edimar Bringeo

Através de telefone nossa reportagem conversou com o delegado Tales Gomes que confirmou a prisão, mas não quis adiantar mais informações.

O delegado Geral James Guerra também confirmou que o mandante finalmente foi preso e que os detalhes da operação seriam repassados para a imprensa em uma entrevista coletiva depois das 11 horas em Teresina.

Atualização:

Sivonei Barros, apontado como mandante - Foto: Marta Soares

Sivonei Barros, apontado como mandante – Foto: Marta Soares

Novas informações apontam que o preso é um primo da vítima, identificado como  Sivoney Clementino Barros, 40 anos, residente na zona rural de Bocaina, e foi preso em seu local de trabalho, no Hemocentro de Picos onde exerce a função de Auxiliar de Laboratório.

Segundo o delegado Tale Gomes, o motivo da morte do cantor seria uma briga familiar envolvendo a subtração de um dinheiro de uma conta corrente de uma tia onde uma irmã de Sivoney foi apontada por Edimar Bringeo como a responsável pelo saque do numerário.