contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Prefeita de Jaicós pode ser cassada

Waldelina Crisanto e o vice Ogilvan Oliveira são acusados de irregularidades durante o pleito eleitoral de 2012

| quarta-feira, 13 novembro , 2013

A audiência de oitiva das testemunhas da representação no processo que pede a cassação do mandato da prefeita de Jaicós Waldelina Crisanto e do vice-prefeito Ogilvan Oliveira( ambos do PRP) foi realizada na terça-feira (12/11) na sala de audiência do Fórum Desembarcador Fernando Lopes Sobrinho, naquele município.

Audiência realizada no Fórum de Jaicós - Foto Cidade nas Net

Audiência realizada no Fórum de Jaicós – Foto Cidade nas Net

A audiência foi presidida pelo juiz da 19ª Zona Eleitoral, Franco Morette e acompanhada pelo Ministério Público Eleitoral, representado pela promotora Ednólia Evangelista. O fim da audiência de oitiva foi antecipado. O advogado de defesa Francisco Silveira, sugeriu que as demais testemunhas arroladas pela defesa fossem dispensadas. A sugestão foi acatada pela acusação e pelo juiz eleitoral que encerrou os trabalhos por volta das 17h. Ao todo, apenas quatro testemunhas foram ouvidas, sendo duas da defesa e duas de acusação.

Na defesa da prefeita Waldelina e do vice, atuaram os advogados Francisco das Chagas Silveira e Sousa e Emmanuel Fonseca de Souza. Na acusação, representando a Coligação “Unidos por Jaicós”, atuaram os advogados Thiago Nunes Carvalho e Maycon João de Abreu Luz.

Waldelina Crisanto e Ogilvan Oliveira foram eleitos prefeita e vice prefeito, respectivamente, no dia 7 de outubro de 2012, com uma diferença de 988 votos sobre o segundo colocado Ozanam Barros. A representação impetrada pela coligação “Unidos por Jaicós” do ex-prefeito Ozanan Barros no 1º de fevereiro de 2013 tem o registro de nº 2-49.2013.6.18.0019 e tramita na Comarca de Jaicós.

Encerrada a audiência, defesa e acusação apresentaram pedidos de diligências, que serão analisados pelo juiz. A Justiça Eleitoral abriu vistas ao Ministério Público, para que se manifeste como fiscal da lei. Após a manifestação do MP, o juiz procede com o exame das diligências. “Algumas delas já constavam da inicial, outras foram apresentadas somente nesta data. Após o deferimento ou não dessas diligências, passaremos às alegações finais, finalizando com a sentença dos autos”, disse Morette ao cidades na net.

A prefeita Waldelina deixou o Fórum acompanhada do esposo, o ex-prefeito Crisanto Neto, e dos advogados. Ela disse estar confiante e limitou-se a declarar que quer continuar o seu trabalho. “Temos muitos projetos para desenvolver o município de Jaicós, e melhorar a qualidade de vida da população”.

Os advogados da coligação “Unidos por Jaicós” encabeçada por Ozanan Barros, consideraram proveitosos os trabalhos da audiência que adentraram à tarde desta terça, no Fórum Desembarcador Fernando Lopes Sobrinho, no município de Jaicós. A representação impetrada pela coligação pede a cassação do mandato da prefeita Waldelina Crisanto e do vice-prefeito Ogilvan Oliveira.

Para o advogado Maycon Luz que atua na região de Picos, na área criminal e eleitoral a audiência foi proveitosa e esclarecedora dos fatos denunciados. “Essa audiência foi proveitosa e estamos confiante no trabalho da justiça. Ela é fundamental porque serviu para esclarecer pontos que até então não estavam claros no processo”, disse Maycon Luz.

Já o advogado Thiago Nunes que atua na área eleitoral na capital do Estado reintegrou a opinião do Maycon Luz confirmando as boas expectativas da audiência, dizendo que os depoimentos serviram sobretudo, para contextualizar os fatos ao magistrado que nas eleições de 2012 não era o titular da comarca.

Com informações e imagens do portal cidades na net.