contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Picos vai ganhar usina para produzir energia solar

No projeto serão investidos aproximadamente R$ 40 milhões, recursos financiados pelo BNDES. A expectativa é atender 1700 residências

| quinta-feira, 4 setembro , 2014

A geração de energia através da captação de raios solares foi o assunto discutido na manhã desta quarta feira (03) na Prefeitura de Picos. Através da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos(SEMAM) a apresentação de um projeto de instalação e produção de energia renovável no município está sendo viabilizado.cidenergia

A Usina Solar Fotovoltaica será uma usina laboratório piloto para desenvolver as técnicas adaptadas a região, e que de inicio uma produção de 5,0 MW fornecerão energia para aproximadamente 1.700 residências, uma energia limpa que não resultará em nenhum tipo de agressão ao meio ambiente e será o primeiro investimento na área no estado do Piaui.

Cid Blanco, empresário e responsável pela instalação da usina solar na região de Picos ao apresentar o projeto ressaltou a importância de um projeto piloto como este numa região de grandes potencias principalmente nesta área de grande incidência de raios solares.

“O objetivo principal é estarmos desenvolvendo na região a implantação de uma usina solar fotovoltaica. Conforme estudos já realizados aqui é uma região bastante favorável a implantação deste tipo de projeto. Temos grandes vantagens porque é uma usina limpa, não agride o meio ambiente e tem a vantagem de estar usando uma energia que e totalmente renovável e fonte inesgotável que é o sol”.

Cid Blanco esteve em Picos no mês de maio para fazer um levantamento de regiões do estado as quais poderiam estar recebendo este investimento, e decidiram por Picos por ser uma região onde há uma confluência de toda a região do nordeste envolvendo os estados como Ceara e Pernambuco.

Com isso o projeto já foi elaborado, a área já foi delimitada e buscam objetivar a definição da área de caráter definitivo e começar o processo de implantação para que no prazo de doze a quatorze meses a usina esteja em operação.

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, investidores buscaram a parceria no inicio do ano e agora os recebem novamente com um cronograma da instalação do laboratório em Picos.

“Já esta definido que haverá este alto investimento em Picos para se gerar energia limpa. Nós enquanto gestores ambientais ficamos alegres e satisfeitos em saber que algo de tamanha importância para a população e mais ainda para o meio ambiente está bem próximo de se tornar possível na realidade do povo picoense, o que trará inúmeros benefícios além de geração de emprego”, destacou Gláuber Silva.

Sobre a localização da área os investidores solicitaram do município uma área de 10 hectares que será cedida nas proximidades do Aterro Controlado do município.