contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Picos vai ganhar Centro de Iniciação ao Esporte

O centro que será edificado no bairro Boa Vista possuirá uma área de 3.500m para a prática de 19 modalidades esportivas

| quinta-feira, 9 janeiro , 2014

A cidade de Picos através de recursos federais contará este ano com a implantação de um Centro de Iniciação Esportiva. O centro que será edificado no bairro Boa Vista, Rua José Pereira Bezerra possuirá uma área de 3.500m para a prática de 19 modalidades esportivas. Projeto já foi aprovado e está orçamentado em mais de R$2 milhões.

Secretária de Planejamento em Picos, Oneide Rocha fala sobre projetos – Foto: Paula Monize

Secretária de Planejamento em Picos, Oneide Rocha fala sobre projetos – Foto: Paula Monize

O Centro de Iniciação Esportiva é uma iniciativa do Projeto de Aceleração do Crescimento (PAC2) do governo federal que visa atender jovens que residem em áreas de risco e com expressiva população. Picos foi um dos municípios selecionados pelo programa que dentro dos parâmetros contempla 19 modalidades esportivas, entre olímpicas (esgrima, ginástica rítmica,levantamento de peso, tênis de mesa, vôlei, boxe, dentre outras) paraolímpicas (esgrima de cadeira de rodas, judô, voleibol sentado, Goalball) e não olímpicas (futebol de salão).

De acordo com a secretária de Planejamento, Oneide Rocha, o projeto se encontra em fase de licitação. “O projeto já foi aprovado, estamos apenas esperando o processo da licitação para dar início as obras, pois inclusive a primeira parcela de R$467 mil já foi liberada”, disse Oneide Rocha.

cccc

Projetos futuros

Garantido no Plano Plurianual de projetos da Prefeitura Municipal de Picos (2014 – 2017) a instalação de uma Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica na cidade. O espaço será uma referência para o acolhimento e assistência dada a estas vítimas. Para a Oneide Rocha esta iniciativa representa uma conquista para o Movimento de Mulheres Piauienses – núcleo de Picos e responde a uma preocupação com o lado social.

O respectivo projeto para ser executado necessita da angariação de recursos, pois o orçamento inicial de R$ 132 mil retirados do tesouro municipal é destinado apenas para a manutenção da Casa Abrigo durante os três anos. Outro projeto será a edificação de uma Casa de Passagem para os transeuntes que não possuem moradia, e vagam pelas ruas. A ideia surge diante do grande número de moradores de ruas que residem no município.

Fonte: Riachão Net