contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Parque eólico do Piauí deve funcionar a partir do julho

Em 2017 a energia eólica produzida além de ser utilizada para o consumo interno, poderá ser comercializada para outros estados

| sexta-feira, 24 abril , 2015

O governador Wellington Dias visitou, nesta sexta-feira (24), as obras do parque eólico Chapada do Araripe, nos municípios de Simões e Marcolândia. Além do governador, estiveram visitando o parque a vice-governadora, Margarete Coelho; o senador Ciro Nogueira; deputados estaduais e federais e os prefeitos dos municípios.

Governador visita usina eólica em Marcolândia e Simões(Foto:Paulo Barros)

Governador visita usina eólica em Marcolândia e Simões (Foto:Paulo Barros)

A previsão de entrega da primeira parte da obra está prevista para julho deste ano e colocará o estado do Piauí em situação de destaque no cenário nacional, já que se tornará o maior parque eólico do país. Já em 2017, a energia eólica produzida além de ser utilizada para o consumo interno, poderá ser comercializada para outros estados. A obra conta ainda com a construção de uma subestação, para a distribuição de energia.

Wellington Dias destaca que o objetivo da visita, proposta pelo deputado Rubem Martins, é se reunir com a Assembleia Legislativa do Piauí para conhecer o projeto in loco e verificar a potencialidade no Estado no setor de produção de energia limpa. “Entendo que o nosso Estado vive um novo momento no setor da energia eólica. Aqui foram investidos mais de 7 bilhões de reais e queremos trabalhar o potencial eólico competitivo do nosso Estado”, frisa o governador.cSAaaaaa

Dias trata ainda da geração de emprego e renda que já está acontecendo nas cidades em que o complexo eólico está instalado, “os que querem se tornar empreendedores devem estar atentos para as oportunidades que estão se abrindo, especialmente no setor de comércio e hotelaria, para evitar que pessoas de fora do Estado venham fazer isso aqui”, conclui.

O Governador também citou a necessidade de cuidar do problema da regularização fundiária dos imóveis locais, uma vez que os pequenos proprietários rurais arrendam suas propriedades para que as empresas possam fazer uso da estrutura ali já existente.

O senador Ciro Nogueira revela que a instalação do complexo eólico marca a história do Piauí e do município de Simões. “Em pouco tempo o Piauí vai crescer mais que o Brasil, potencial para isso o Estado tem. Podemos fazer do Estado um celeiro de grandes projetos e o governador Wellington Dias tem o meu apoio para buscar recursos para projetos grandiosos como esse”, conclui