contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Hugo Victor avalia ano legislativo como positivo

O vereador garante que a Câmara cumpriu o seu papel, fiscalizando o executivo e votando projetos de interesse da comunidade

| quarta-feira, 30 dezembro , 2015

O presidente da Câmara Municipal de Picos, Hugo Victor Saunders Martins (PMDB), avaliou como positivo o ano legislativo de 2015. Para ele, 2016 é de muita expectativa em virtude da realização das eleições municipais, quando geralmente acontece o acirramento entre governistas e oposicionistas. Porém, acredita que os debates não sairão do campo das ideias.Hugo Victor avalia como positivo o ano legislativo de 2015.
A Câmara Municipal de Picos entrou de recesso parlamentar no último dia 17 de dezembro. No entanto, os vereadores continuarão trabalhando nesse período de fim e início de ano, sobretudo nas visitas às suas bases.

De acordo com o regimento interno da casa, as sessões serão retomadas no dia 4 de fevereiro, oportunidade em que o prefeito, Padre José Walmir de Lima (PT), fará a leitura da mensagem do Executivo para o ano 2016.

Segundo Hugo Victor, antes de entrar de recesso, a Câmara de Picos votou os projetos que estavam em pauta, dentre os quais o orçamento-programa para o exercício financeiro de 2016, além de outras matérias e requerimentos.

Avaliação

“Avalio de maneira positiva! Tivemos um ano atípico em nossa cidade com a renúncia do prefeito Kléber Eulálio e a posse de um novo gestor. Enfrentamos dificuldades com a crise, mas acredito que a Câmara Municipal cumpriu com o seu papel” – ressaltou Hugo Victor.

O parlamentar assegurou que neste ano que se finda a Câmara Municipal de Picos ajudou o ex-prefeito Kléber Eulálio e, quando solicitada vem ajudando o atual gestor, Padre Walmir (PT. Mas, segundo ele, o legislativo picoense tem ajudado, principalmente, a população.

“É com muita alegria que encerramos o ano de 2015 com a sensação do dever cumprido” – declara Hugo Victor (PMDB). Ele é aliado do prefeito Padre Walmir (PT), mas, nos três anos em que está à frente da casa, tem procurado manter a Câmara Municipal de Picos de maneira independente, embora trabalhando em harmonia com os demais poderes.

Reportagem José Maria Barros